Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Paulo Montes Luz substitui diretor-geral do DER-PR preso na Lava Jato.

23 de fevereiro de 2018 às 14:18

Governo do Paraná age rápido após prisão de Nelson Leal e anuncia Paulo Montes Luz, ex- diretor de operações como novo diretor-geral do Departamento de Estradas e Rodagem.

“A inclusão do DER na Lava Jato, no meu entender, não como diretor-geral do DER, mas como pessoa, eu acho que foi um equívoco”, afirmou Paulo.

Ele ainda ressaltou que o DER-PR já vinha colaborando com o Tribunal de Contas da União (TCU), e diz que o mesmo não levou em consideração documentos apresentados.

Como relata o Ministério Público Federal (MPF), um estudo apresentado pelo TCU, em 2012, mostrava que a tarifa de pedágio poderia ser reduzia em 18%, mas o que houve foi um aumento de 25%. Assim, o valor ficou mais caro por causa de aditivos ao contrato, justificados pelo DER-PR.

Complementando as falas do novo diretor, Edson Luiz Amaral, procurador jurídico do DER-PR disse que todas as possíveis armações que possam existir entre as concessionárias e as empresas contratadas por ela, caso exista um sobrepreço, isso não incide na tarifa do pedágio.