Projeto de reajuste dos servidores é rejeitado pela camâra

28 de fevereiro de 2018 às 13:52

O Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo Municipal, o qual concede reposição salarial aos servidores públicos municipais, ativos, inativos e pensionistas, aos empregados públicos, cargos comissionados, Conselheiros Tutelares e agentes políticos, apresentado em segundo e último turno de votação em sessão legislativa de terça-feira, 27, foi rejeitado pela Câmara Municipal de Prudentópolis, por oito votos contra e quatro a favor. A matéria, a pedido do Executivo, foi considerada de interesse público relevante, sendo apreciada em regime de urgência, o que não permitia sua retirada de pauta, apenas a votação favorável ou contrária, sendo necessária maioria absoluta para sua aprovação, ou seja,  sete votos, o que não ocorreu. A Câmara, por lei, também não pode fazer alterações a maior no respectivo índice. Outro ponto observado é que deve haver isonomia no reajuste de toda a classe.  O projeto enviado propôs a concessão, a título de revisão geral anual, referente ao ano de 2018, aos servidores públicos, ativos, inativos e pensionistas, aos empregados públicos, cargos comissionados, Conselheiros Tutelares e agentes políticos do Município de Prudentópolis, o índice geral de 2,06% (dois inteiros e seis centésimos por cento) a ser aplicado nas tabelas de vencimento previstas na legislação específica. A aplicação do percentual, segue o Índice Nacional de Preços ao Consumidor, do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, acumulado, relativo ao período compreendido entre os meses de janeiro a dezembro de 2017. O índice previsto teria sua incidência retroativa à 1º/01/2018, considerada como data base da categoria. Também estava previsto que a remuneração inicial dos servidores públicos municipais pertencentes ao Quadro Geral do Município não poderia ser inferior ao salário mínimo nacional, estipulado pelo Governo Federal, bem como a remuneração inicial dos servidores pertencentes ao Quadro Próprio do Magistério Público Municipal não poderia ser inferior ao Piso Salarial Profissional Nacional do Magistério Público da Educação Básica para o exercício de 2018. O entrave maior da discussão na câmara, foi a reivindicação apresentada pela classe dos professores, que pleiteavam o reajuste integral do piso nacional da categoria, de 6,8%, o qual estava sendo aplicado apenas para correção do respectivo piso inicial, sendo que para as demais professoras que recebiam acima deste piso, a correção seguia o índice dos demais servidores de 2,06%. Com a matéria rejeitada, fica a decisão por conta do Executivo se reapresenta novamente ou não, para essa correção.

 

Foto: Camâra Municipal de Prudentópolis

Prudentópolis
17º
Tempo nublado
Ponta Grossa
17º
Parcialmente nublado
Guarapuava
15º
Tempo nublado
Curitiba
18º
Tempo nublado
Londrina
22º
Tempo limpo
União da Vitória
18º
Tempo nublado
  • É com pesar que a Funerária São Lucas comunica o falecimento do Irmão Leonidas Antônio Voidelo
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel  comunica o falecimento da Sra Tolentina Gonçalves de Araújo aos 79 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel  comunica o falecimento do Sr Elias Ernani Parhuts aos 66 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sr. Nilton Boraiko Vieira. Ocorrido aos 44 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr João Silva de Oliveira aos 74 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Abel Zaias aos 70 anos de idade.
  • Genoma SUS recruta bolsistas nas áreas de ciência de dados e bioinformática
  • Economia Verde do Paraná alcança R$ 140 bilhões e já representa 32,9% do PIB
  • Em ação do MPPR em Castro, Judiciário determina que concessionária isente de pedágio pessoas em tratamento de saúde
  • Prefeitura de Guamiranga realiza cascalhamento em estradas rurais, beneficiando desta vez a comunidade de Àgua branca.
  • Fazenda e Receita alertam para envio de guias falsas de IPVA por e-mails e SMS
  • 12,8 mil estudantes de graduação da UEL devem realizar a renovação de matrículas para 2024