Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Câmara de Fazenda Rio Grande denúncia médicos que batem ponto e não atendem

9 de março de 2018 às 15:37

Divulgação Fecomercio-SP

A Prefeitura de Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba, abriu processo administrativo para investigar uma denúncia da Câmara Municipal de que médicos da cidade estariam recebendo sem cumprir devidamente a jornada de trabalho. A acusação foi publicada pelo Jornal O Repórter desta sexta-feira (9). A reportagem aponta que a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) tem sofrido com longas filas por conta da ausência dos profissionais.

O vereador Rafael Campaner é um dos que usou a tribuna da Câmara para questionar as ausências e atrasos dos profissionais. “O médico, no dever de seu cumprimento, não pode abandonar o plantão. Foi um fato isolado ou é corriqueiro na UPA? Se realmente isso aconteceu, o profissional deve sofrer as sanções e se for o caso, exonerado”, disse.

Campaner se refere a um caso ocorrido no último dia 26 de fevereiro. Na ocasião, um médico chegou a ir até a UPA e bater ponto, mas deixou o local instantes depois.

Por conta das denúncias, a Prefeitura de Fazenda Rio Grande instaurou processo administrativo disciplinar. Há casos em que a Secretaria de Saúde constatou atrasos de mais de três horas. No caso do profissional denunciado na Câmara, a prefeitura confirmou que investiga, além dessa, condutas anteriores de irregularidades no cumprimento da jornada.

Fonte: Banda B