Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Em Guarapuava, Dom Antônio Wagner da Silva se recupera bem de problema de saúde

15 de março de 2018 às 19:04
O religioso participava de um encontro em Roma, Itália, quando adoeceu e foi levado ao hospital. Ele permaneceu na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por vários dias.

Depois de mais de quarenta dias fora de Guarapuava, o bispo diocesano, Dom Antônio Wagner da Silva retornou à cidade no último dia 01 de março. Dom Wagner, que viajou a Roma para participar de um encontro de sua congregação: Sagrado Coração de Jesus (SCJ), conhecido como os Dehonianos, de 18 a 23 de janeiro de 2018, foi acometido por grave problema de saúde e precisou ser internado às pressas na Capital italiana.

Uma vez no hospital, os médicos notaram um agravamento no quadro de saúde do religioso e ele foi encaminhado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Cristo Rei.

Os cuidados médicos foram redobrados e Dom Wagner reagiu muito bem aos medicamentos, conforme boletim expedido pela casa hospitalar. No dia 30 de janeiro, o religioso deixou a UTI e foi levado ao quarto, lá permanecendo até o dia 08 de fevereiro, quando recebeu alta hospitalar.

Dom Wagner foi então encaminhado à casa dos Dehonianos enquanto realizava mais exames e se recuperava do problema de saúde.

Depois de dezenove dias na casa religiosa, finalmente embarcou para o Brasil e chegou a Guarapuava na tarde de 28 de fevereiro.

Em entrevista ao Centro Diocesano de Comunicação (CDC), Dom Wagner falou do problema de saúde e ressaltou que se sente muito bem agora, embora careça de mais tempo para se recuperar totalmente. “Este problema de saúde me deixou muito fraco, mas, com a graça de Deus, as orações de tantas pessoas e o brilhante trabalho dos médicos, eu consegui sair daquele estado de quase morte. Não há como descrever esta sensação, a situação porque passei. Foi mais uma das experiências que Deus reserva para cada um de nós. Eu me sinto muito bem agora, embora ainda em recuperação. Tenho um longo caminho a percorrer com realização de exames, consultas médicas e muitos cuidados, principalmente na alimentação, mas o importante é que estou reagindo da melhor forma possível a tudo isso e tenho a alegria de agradecer a Deus por mais esta oportunidade de estar vivo”, vibrou Dom Wagner.

SOBRE O BISPO

Dom Antônio Wagner da Silva nasceu no dia 25 de março de 1944, na cidade de Luz, em Minas Gerais. Foi ordenado padre no dia 11 de dezembro de 1971, pela congregação Sagrado Coração de Jesus (SCJ) e nomeado bispo em 29 de março de 2000 quando passou a atuar como bispo-coadjutor, em Guarapuava. Depois da aposentadoria de Dom Giovanni Zerbini, Dom Wagner tornou-se bispo diocesano e atua até hoje à frente da Igreja Particular. Seu lema episcopal é: “Sint Unum”. (Que todos sejam um).