Novo centro vai expandir atendimento a 2 mil alunos surdos

28 de março de 2018 às 18:06

O Governo do Estado inaugurou nessa quarta-feira (28), em Guarapuava, no Centro do Estado, uma nova sede do Centro de Apoio ao Surdo e aos Profissionais da Educação de Surdos (CAS). Com o novo centro, a Secretaria de Estado da Educação vai expandir o atendimento especializado a cerca de 2 mil alunos surdos matriculados na rede estadual de ensino e em unidades conveniadas presentes nos 32 Núcleos Regionais da Educação (NREs).

“A inauguração deste CAS é um marco na história da educação especial, da educação inclusiva no nosso Estado. Antes tínhamos apenas um Centro de Apoio a Surdos em Curitiba que atendia 11 regionais. No Paraná temos 32 regionais e agora, com o CAS em Guarapuava, estaremos aptos a atender o Paraná todo. Estamos fazendo um resgate deste atendimento aos surdos de todo o Paraná”, afirmou a secretária de Estado da Educação, professora Ana Seres.

“Com o segundo CAS sendo implantado aqui em Guarapuava temos uma facilitação e uma cobertura ampliada, com mais profissionais para este atendimento. É uma conquista extraordinária, e a comunidade dos surdos, que tanto precisa dessa atenção especial, festeja”, reforça o secretário da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Artagão Júnior.

DEMANDA – O CAS de Guarapuava será um centro de formação para professores e alunos que atuam em 279 municípios do Interior do Estado. O novo centro atenderá 919 alunos do Interior e, em Curitiba, já recebe outros 1.006 matriculados em 689 escolas da rede estadual e em 317 unidades conveniadas de 120 municípios. Com a inauguração, todo a demanda do Estado poderá ser atendida.

O chefe do Núcleo Regional de Educação de Maringá, Marlon Douglas Pires, explicou que a nova unidade funcionará no Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos (CEEBJA) da cidade. “O prédio do CEEBJA foi todo reformado e está apto para receber o CAS. Além disso, toda a equipe que vai trabalhar com este público é capacitada e tem formação especial”, disse.

A coordenadora do CAS de Guarapuava, professora Jiane Ribeiro Neves Cwick, explicou que o centro será uma central de formação. “Vamos trabalhar com a formação de professor surdo que leciona com a disciplina de língua de sinais (Libras), com professor surdo que trabalha na sala de recursos, nas salas multifuncionais e com tradutores intérpretes de Libras. Como é uma língua viva, precisamos estar constantemente em formação”, explicou.

PROGRAMA – O CAS é um programa do Ministério da Educação, em parceria com a Secretaria Estado da Educação, que administra o espaço. Já o treinamentos teóricos, práticos e materiais relacionados à área da surdez são cedidos pelo Governo Federa.

O primeiro CAS do Paraná foi criado em Curitiba em 2010 por meio de Resolução Secretarial. Hoje a unidade atende 780 Tradutores Intérpretes de Libras/Língua Portuguesa, 49 professore bilíngues surdos, 48 professores ouvintes bilíngues e 230 professores de Escolas Bilíngues e Centros de Atendimento Educacionais Especializados da Surdez.

No espaço os profissionais participam de cursos de formação continuada, exames de proficiência para tradução e interpretação da Libras – Língua Portuguesa e exames de proficiência para professores bilíngues que atuam na educação de surdos na educação básica, desenvolvem políticas educacionais voltadas ao AEE da Surdez, orientam quanto ao AEE complementar e suplementar aos estudantes surdos, de acordo com a legislação vigente.

As atividades são divididas em cinco núcleos: Núcleo de Capacitação de Profissionais da Educação de Surdos, Núcleo de Atendimento de Profissionais Especializado, Núcleo de Apoio Didático-Pedagógico e Tecnológico, Núcleo de Pesquisa e Núcleo de Conivência.

PRESENÇAS – Participaram da cerimônia de inauguração do CAS de Guarapuava o presidente da Câmara de Vereadores de Guarapuava, João Carlos Napoleão; a secretária municipal de Educação de Guarapuava, Doraci Senger Luy; a professora Irene Mullerleily Stock, representando a comunidade surda de Guarapuava; a chefe do Departamento de Educação Especial da Secretaria, Siana do Carmo de Oliveira Franco Bueno; o chefe do Núcleo Regional de Educação de Pitanga, Jonas Crensiglova; e a diretora do CEEBJA de Guarapuava, Claudia Cristina Marcelino.

 

Prudentópolis
19º
Tempo nublado
Ponta Grossa
19º
Tempo nublado
Guarapuava
18º
Chuvas esparsas
Curitiba
18º
Chuvas esparsas
Londrina
28º
Parcialmente nublado
União da Vitória
20º
Tempo nublado
  • É com pesar que o PAF e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que e a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunica o falecimento
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento de Celia Parhuts, ocorrido aos 46 anos de idade.
  • NOTA DE FALECIMENTO: É com pesar que a Funerária São João e o Plano Uni-Paz comunicam o falecimento
  • As Irmãs Servas de Maria Imaculada, comunicam o falecimento da IRMÃ JACINTA CECÍLIA GRESKIV, SMI
  • Apae de Prudentópolis lamenta a morte da ex-aluna Marlene Presasniuk
  • 7,7 mil candidatos fazem as provas do vestibular da UEPG neste domingo
  • Polícia apreende cinco motos, em Ipiranga
  • Câmpus da Unicentro ganha usina fotovoltaica em programa de eficiência energética da Copel
  • Mega-Sena, concurso 2.546: ninguém acerta as seis dezenas, e prêmio acumula em R$ 125 milhões
  • Filho agride e ameaça mãe de morte, em Guarapuava
  • Câmara convoca cidadãos para Consulta Pública sobre proibição de queima de fogos de artifício com poluição sonora