Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Cida assume, coloca mulher no Comando da PM e faz mudanças na equipe

6 de abril de 2018 às 17:32

Primeira mulher a assumir o Governo do Paraná, Cida Borghetti anunciou no começo da tarde desta sexta-feira (6) as primeiras mudanças na equipe que irá comandar o Estado pelos próximos oito meses. A troca que mais chama a atenção é a do Comando Geral da Polícia Militar, que passa a contar pela primeira vez em 164 anos com uma mulher à frente da corporação. Trata-se da coronel Audilene Rocha, que já comandou a segurança pessoal de Cida enquanto ela ocupava a vice-governadoria.

No primeiro escalão, foram feitos três anúncios. O cunhado, Silvio Barros (PP), comandará o Desenvolvimento Urbano. Interinamente, ele também irá assumir a Casa Civil até definição de novo nome. A advogada Lucília Dias chefiará o gabinete da nova governadora.

Já Antonio Nardi será o novo secretário da Saúde. Ele ocupava o cargo de secretário-executivo do Ministério da Saúde enquanto Ricardo Barros (PP), marido de Cida, estava à frente da pasta federal. Em entrevista à Banda B, ele disse que a expectativa é de contribuir com o mandato de Cida. “Queremos trabalhar em parceria com todos os municípios, para que a saúde do cidadão seja cada vez melhor. Vamos construir pontes, com diálogo e trabalho, mas acima de tudo contar com a colaboração do exército de servidores da saúde para uma boa gestão”, disse.

Ex-Comandante Geral da PM, o coronel Maurício Tortato será o novo secretário-chefe da Casa Militar. Já o também coronel Elio Manoel passa a chefiar o Estado Maior.

Posse

Na posse, realizada na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), Cida disse que assume o governo no seu melhor momento, como consequência dos ajustes fiscais promovidos recentemente pelo governador Beto Richa. “Devo, em respeito à verdade, dizer que assumo o governo no melhor período. Plantamos o bem e a colheita não poderia ser melhor, finanças em ordem, serviços públicos preservados, salários pagos em dia e obras de infraestrutura e melhorias em todo o Estado. Pelo esforço empenhado e pelo resultado conquistado só há uma opção, seguir pelo carinho traçado, aperfeiçoando as ferramentas que nos dão vigor de quem faz o futuro acontecer hoje”, afirmou.

A governadora reafirmou sua postura municipalista e disse que o compromisso com o diálogo se estende aos 399 prefeitos do Paraná. “Sou defensora intransigente das cidades e dos cidadãos. Por minhas experiências no Parlamento, sei que demandas importantes passam pelas câmaras municipais, que serão nossas parceiras”, concluiu.