Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Bebê de 30 dias é levado para a cadeia após prisão da mãe com problemas mentais

27 de abril de 2018 às 14:11

Foto: Reprodução Conselho da Comunidade

Um bebê de 30 dias foi levado para a Penitenciária Feminina do Paraná (PFP) após a prisão da mãe, de 33 anos, nesta quarta-feira (26). A detenção aconteceu dentro de um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Curitiba, em cumprimento de um mandado de prisão por conta do não carregamento da tornozeleira eletrônica.

De acordo com a advogada Isabel Kugler Mendes, presidente do Conselho da Comunidade da Execução Penal, a mãe é mentalmente incapaz e dependente de crack, o que demonstra a ausência de políticas públicas para acompanhamento posterior ao cumprimento da pena. “Ela é carrinheira, então deixava de carregar a tornozeleira por conta do seu trabalho. É uma pessoa que não tem noção da responsabilidade de usar esse equipamento e comentou que apenas dorme na casa da mãe. Ela é um exemplo do que acontece hoje com o judiciário, que é o de encarcerar e não dar nenhum tipo de assistência. Para o estado hoje é prende, cumpre a pena e acabou”, lamentou a advogada em entrevista à Banda B.