Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Atlético perde a terceira seguida no Brasileirão e pode terminar rodada na zona de rebaixamento

20 de maio de 2018 às 21:18
Furacão foi superado pelo Fluminense por 2 a 0

O Atlético perdeu para o Fluminense por 2 a 0, completou oito jogos sem vitória e ainda acumulou a terceira derrota consecutiva no Brasileiurão.. Com o resultado negativo, o time rubro-negro caiu para a 16ª colocação e pode terminar a sexta rodada na zona de rebaixamento. Para não cair mais uma posição, a torcida é para uma derrota do Internacional diante da Chapecoense, nesta segunda-feira (21).

O jogo

Procurando uma formação para ajustar o sistema defensivo, o técnico Fernando Diniz apostou nas improvisações de Esteban Pavez na lateral-direita e Thiago Carleto na defesa. Porém, a nova formação durou apenas 14 minutos com a saída do jogador chileno por lesão na coxa. Em seu lugar, Matheus Rossetto, que tinha perdido a posição, entrou na lateral-direita.

E foi justamente após a saída de Pavez que o Atlético sofreu o primeiro gol em lance de falta de sorte. Aos 22 minutos, o volante Jadson chuta da entrada da área, o goleiro Santos espalmou para o lado e a bola bateu em Thiago Heleno que marcou o gol contra. Depois de sair atrás, o Furacão teve duas chances para igualar. Aos 24, Thiago Carleto arriscou chute de longe e Júlio César evitou o empate. Já aos 26, Pablo recebeu lançamento e chutou muito perto da trave.

No momento em que o time atleticano seguia melhor na partida, o Fluminense aproveitou erro da defesa para ampliar a vantagem ainda no primeiro tempo. Jadson mandou passe em profundidade, entre os zagueiros, para Marcos Júnior e o atacante teve muita tranquilidade para chutar na saída do goleiro Santos.

Para o segundo tempo, Fernando Diniz colocou o atacante Lucas Ribamar na vaga do zagueiro José Ivaldo e improvisou Lucho González na defesa. A mudança demorou para surtir efeito e neste período, o Fluminense criou duas chances para ampliar o marcador. Aos três minutos, Marcos Júnior cruzou na área e Santos se antecipou para evitar o terceiro. Já aos cinco, Gilberto chutou da ponta direita e o goleiro atleticano salvou mais uma vez.

A última tentativa de mudança por parte do Atlético foi a entrada do atacante Bill no lugar de Matheus Rossetto. O jovem reforço rubro-negro entrou e quase marcou em sua primeira tentativa. Porém, o chute foi travado pelo goleiro Júlio César. Nos minutos finais, o Fluminense apenas administrou a vantagem e o Furacão não conseguiu balançar as redes.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2X0 ATLÉTICO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ).
Data: Domingo, 20 de maio de 2018.
Horário: 19h.
Árbitro: Igor Junio Benvenuto de Oliveira (MG).
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG).

Fluminense: Júlio César; Gum, Renato Chaves e Luan Peres; Gilberto, Richard, Jadson, Sornoza e Marlon; Marcos Júnior (Matheus Alessandro) e Pedro (João Carlos).
Técnico: Abel Braga.

Atlético: Santos; Thiago Heleno, José Ivaldo (Lucas Ribamar) e Thiago Carleto; Esteban Pavez (Matheus Rossetto) (Bill), Lucho González, Camacho e Renan Lodi; Raphael Veiga, Pablo e Guilherme.
Técnico: Fernando Diniz.

Cartões amarelos: Matheus Rossetto e Lucho González (CAP); Matheus Alessandro (FLU).
Gols: Thiago Heleno (FLU), contra, aos 22′ do primeiro tempo, e Marcos Júnior (FLU), aos 36′ do primeiro tempo.

Fonte:BANDA B