Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Paraná e Atlético empatam sem gols e ampliam jejum de vitórias no Brasileirão

27 de maio de 2018 às 22:29
Tricolor teve domínio, mas não conseguiu furar o bloqueio rubro-negro na Vila Capanema

O primeiro encontro entre Paraná e Atlético pelo Brasileirão ficou na igualdade. Diante de mais de 7 mil torcedores, as duas equipes ficaram no empate sem gols, na manhã deste domingo (27), na Vila Capanema, e ninguém saiu satisfeito no compromisso válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Furacão acumula nove jogos sem vitórias e o Tricolor segue sem vencer e na lanterna na competição.

O reencontro pela Série A acontece após dez anos e com os dois clubes vivendo um momento parecido, sofrendo com a ausência de resultados e com a zona de rebaixamento. Com o resultado, apenas o Rubro-Negro tem um único motivo para comemorar: o ponto somado tira a equipe do técnico Fernando Diniz da zona de rebaixamento.

O Paraná volta a campo na próxima quarta-feira (30), às 19h15, para encarar o Vasco, em São Januário, enquanto o Atlético recebe o Santos, na quinta-feira (31), às 21h, na Arena da Baixada, ambos válidos pela oitava rodada do Brasileirão.

O jogo

A partida começou equilibrada e com os times se estudando bastante. Com a escalação sendo repetida pela primeira vez no campeonato, o Paraná encontrou dificuldades para furar as linhas defensivas do Atlético na parte inicial.

Sem conseguir levar grandes perigos à meta de Thiago Rodrigues, o Furacão teve sua melhor chance aos cinco minutos, quando Camacho arriscou de fora da área e mandou perto da trave.

Buscando o caminho do gol através do principal problema do adversário até então na temporada, que são as bolas aéreas, o Paraná foi quem levou perigo em cabeçadas de Mansur, Neris e Leandro Vilela. Na primeira, do lateral-esquerdo, Santos defendeu. Na do zagueiro, a bola passou perto da trave e, na melhor delas, Vilela acertou o travessão rubro-negro.

Depois da superioridade final dos mandantes, o Atlético voltou melhor no segundo tempo e passou a equilibrar a partida. O Tricolor até teve uma boa chance, aos 18 minutos, mas Caio Henrique pegou mal na bola e desperdiçou. O Furacão respondeu pouco depois, aos 23, mas o chute de Nikão esbarrou em boa defesa de Thiago Rodrigues.

Na tentativa de retomar o controle do jogo, Rogério Micale sacou os volantes Leandro Vilela e Torito e o atacante Silvinho para promover as entradas do meia Carlos Eduardo, do atacante Léo Itaperuna e de Guilherme Biteco, que voltou aos gramados após 11 meses afastado por lesão.

O técnico Fernando Diniz, por sua vez, manteve a estratégia e só mexeu no time na parte final de partida. Bem postado, o Atlético conteve o ímpeto do Tricolor e segurou o empate sem gols. Os donos da casa ainda deixaram a partida reclamando bastante de um pênalti não marcado de Zé Ivaldo em Léo Itaperuna.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 0X0 ATLÉTICO

Local: Vila Capanema.
Data: Domingo, 27 de maio de 2018.
Horário: 11h.
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP).
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP).
Público e renda: 6.446 pagantes | 7.450 total | R$ 146.405,00

Paraná: Thiago Rodrigues; Júnior, Neris, Cleber Reis e Mansur; Leandro Vilela (Carlos Eduardo), Torito (Léo Itaperuna), Jhonny Lucas e Caio Henrique; Silvinho (Guilherme Biteco) e Carlos.
Técnico: Rogério Micale.

Atlético: Santos; Wanderson, Zé Ivaldo e Thiago Heleno; Matheus Rossetto, Camacho, Lucho González (Bruno Guimarães) e Thiago Carleto; Nikão, Guilherme (Raphael Veiga) e Pablo.
Técnico: Fernando Diniz.

Cartões amarelos: Júnior, Neris e Leandro Vilela (PRC); Guilherme (CAP).

Fonte Banda B