Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Atlético sai na frente, cede virada ao América-MG e volta a perder no Brasileirão

3 de junho de 2018 às 21:08
Thiago Carleto colocou o Rubro-Negro na frente, mas Serginho comandou a virada do time mineiro

Atlético sai na frente, cede virada ao América-MG e volta a perder no Brasileirão

Thiago Carleto colocou o Rubro-Negro na frente, mas Serginho comandou a virada do time mineiro

 

Depois de voltar a vencer na última rodada, o Atlético voltou a tropeçar e foi derrotado pelo América-MG, por 3 a 1, na tarde deste domingo (03), no Estádio Independência, em Belo Horizonte, válido pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O time até saiu na frente, mas novamente as bolas cruzadas foram um problema. Não deu tempo nem de comemorar o primeiro gol, marcado por Thiago Carleto, aos 38 minutos do primeiro tempo. No minuto seguinte, Serginho empatou. O camisa 10 do Coelho foi o nome do jogo. No segundo tempo, ele marcou mais um e ainda iniciou a jogada do terceiro gol, marcado por Ademir.

Com o resultado, o Rubro-Negro volta a conviver com a proximidade da zona de rebaixamento. Com 9 pontos, o time está na 16ª colocação, uma acima do Vitória, primeira equipe dentro do Z-4. O Furacão volta a campo na próxima quarta-feira (06), às 21h, diante do Sport, na Ilha do Retiro, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O jogo

A etapa inicial foi bastante movimentada no Horto, com as duas equipes criando situações. O primeiro a assustar foi o Atlético, aos seis minutos, em bola cruzada por Thiago Carleto, que Matheus Rossetto desviou e a marcação americana cortou. O time da casa respondeu aos 12, em jogada rápida de Serginho que o goleiro Felipe Alves defendeu.

O Furacão assustou novamente com Carleto, aos 30, em jogada ensaiada que terminou em uma finalização defendida por Jori. No minuto seguinte, o Coelho tentou com Christian e assustou Felipe Alves. Pouco depois, Carlinhos teve nova chance e tirou tinta da trave rubro-negra.

O lá e cá seguiu até na hora do gol. Aos 38 minutos, em cobrança de falta da entrada da área, Thiago Carleto cobrou forte e a bola surpreendeu o goleiro Jori, abrindo o placar para os visitantes. O América-MG respondeu já no minuto seguinte. Após cobrança de escanteio, Judivan fez boa jogada pela direita e acionou Serginho. O camisa 10 desviou no meio da pequena área e empatou o duelo.

O Furacão teve a oportunidade de ampliar o placar no segundo tempo. Logo aos dez minutos, em lance de atacante, o zagueiro Thiago Heleno recebeu lançamento na área, fez belo domínio e carimbou o travessão. A segunda chance saiu dos pés de Nikão, aos 22, que mandou à direita.

Se os visitantes não souberam aproveitar as oportunidades, o América-MG foi efetivo. Aos 30 minutos, em boa jogada pelo lado esquerdo, a bola foi cruzada na área e Serginho, de cabeça, marcou o segundo dele e do time mineiro.

O técnico Fernando Diniz promoveu a entrada de Raphael Veiga para tentar dar mais criatividade ao meio. Mas foi o Coelho quem foi efetivo. Aos 40 minutos, Serginho, sempre ele, tentou de fora da área e mandou raspando o travessão de Felipe Alves. Mais tarde, aos 44, a equipe americana fechou o placar. Em jogada de Serginho, a bola passou por Aderlan e chegou até Ademir, que mandou para o fundo das redes e deu números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 3X1 ATLÉTICO

Local: Estádio Independência, Belo Horizonte (MG).
Data: Domingo, 3 de junho de 2018.
Horário: 16h.
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF).
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Ciro Chaban Junqueira (DF).

América-MG: Jori; Norberto, Matheus Ferraz, Messias e Carlinhos (Giovanni); Christian, Juninho, Serginho e Gerson Magrão (Ademir); Aylon e Judivan (Aderlan).
Técnico: Enderson Moreira.

Atlético: Felipe Alves; Zé Ivaldo, Thiago Heleno e Wanderson (Raphael Veiga); Matheus Rossetto (Bergson), Camacho, Lucho González e Thiago Carleto (Renan Lodi); Nikão, Guilherme e Pablo.
Técnico: Fernando Diniz.

Gols: Thiago Carleto (CAP) aos 38′ e Serginho (AME) aos 39′ do primeiro tempo e 30′ do segundo tempo; Ademir (AME) aos 44′ do segundo tempo.
Cartões amarelos: Matheus Ferraz (AME); Lucho González e Guilherme (CAP).

FONTE BANDA B