Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Prudentopolitano tomou posse como juiz-membro efetivo na classe de juiz federal do TRE-PR

8 de junho de 2018 às 16:14

Segundo da esquerda para a direita, o prudentopolitano Luiz Fernando Wowk Penteado. (Foto TRE-PR)

Na última terça-feira (5), o desembargador  Luiz Fernando Wowk Penteado que é nascido em Prudentópolis tomou posse como juiz-membro efetivo na classe de juiz federal e o desembargador Fernando Quadros da Silva, como juiz-membro substituto na classe de juiz federal. A solenidade, que ocorreu na Sala de Sessões do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), foi conduzida pelo presidente do TRE-PR, desembargador Luiz Taro Oyama, e contou com o discurso do juiz-membro da Corte doutor Pedro Luís Sanson Corat, que saudou os novos membros.

O desembargador Luiz Fernando Wowk Penteado é bacharel em Direito pela UEPG e pós-graduado em Direito Administrativo pela Faculdade de Direito de Curitiba; tornou-se desembargador federal em 28 de junho de 2001; foi vice-corregedor do TRF da 4ª Região no biênio 2009/2011; presidente da 8ª Turma do TRF4, especializada em matéria penal, no mesmo biênio. Diretor da Escola da Magistratura do TRF4 entre 2011 e 2013; vice-presidente do TRF4 entre 2013 e 2015; presidente do TRF4 no biênio 2015/2017; membro do Conselho da Justiça Federal de 2015 a 2017; e atualmente é presidente da Turma Regional Suplementar do Paraná do Tribunal Regional da 4ª Região desde junho de 2017.

O desembargador Fernando Quadros da Silva é bacharel em Direito pelo Unicuritiba, especialista em Direito Penal pela UnB, mestre em Direito do Estado pela UFPR e doutor em Direito pela UFRGS; foi procurador do estado do Paraná de 1889 a 1991; procurador do Ministério Público do Trabalho no biênio 1991/1993; juiz federal substituto na Vara Federal de Maringá de 1993 a 1994; juiz federal e diretor do Foro da Subseção Judiciária de Maringá entre 1994 e 1998; diretor do Foro da Seção Judiciária do Paraná no biênio 2001/2003; juiz do TRE-PR de 2004 a 2006; conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público entre 2007 e 2009; e desde novembro de 2009 é desembargador no TRF4. Autor de diversas publicações, entre elas o livro “Controle Judicial das Agências Reguladoras” (2014) e o artigo “Poder Judiciário e Sustentabilidade” (2014), o desembargador também possui diversas condecorações, como a Comenda do Mérito Eleitoral Paranaense, concedida pelo TRE-PR em 2017.

Fonte: TRE-PR