Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Biscoitos gigantes de 45 cm de diâmetro são atração em distrito de Paranavaí; receita é segredo de família

17 de junho de 2018 às 11:54
Produzido em formato de rosca, o biscoito tem 45 centímetros de diâmetro e pesa 565 gramas.

Foto: Thais Kaniak/G1

Biscoitos de polvilho costumam ser um petisco comum para os brasileiros. Em um distrito no interior do Paraná, eles têm uma característica peculiar: o tamanho.

Lucimara Aparecida Wessler é sócia da panificadora que vende as roscas gigantes há 12 anos em Graciosa, distrito de Paranavaí, no noroeste do Paraná.

A receita e o tamanho são de família, que é de origem alemã. Para ela, não existem outras medidas do biscoito.

Lucimara não revela a quantidade dos ingredientes para fazer a rosca gigante, afinal, o segredo é a alma do negócio. Mas, ela conta que a cada 20 dias, usa – em média – 35 sacos de 25 quilos de polvilho, o que totaliza 875 quilos.

Ela também dá outra pista sobre como preparar a rosca gigante: “O calor faz crescer, e é preciso muito carinho para fazer”.

Porém, a receita nunca é a mesma. Sempre que compra uma nova remessa de povilho, Lucimara faz testes para achar o ponto da rosca gigante.

Cada biscoito custa R$ 7,50. São vendidos de 40 a 80 por dia, de segunda a segunda-feira.

Lucimara explica que, quando decidiu produzir a rosca gigante para vender, houve a dúvida se teria a aprovação dos clientes. Hoje, o biscoito é o carro-chefe da padaria.

“A gente começou a fabricar e todo mundo procura a rosca. Ela vai para São Paulo, Maringá. Todo mundo procura ela”, conta.

Dá para levar o biscoito gigante para viagem. A rosca pode ficar congelada por uma semana, de acordo com Lucimara.

Fonte: G1PR