Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Brasil derrota o México por 2 a 0 e avança às quartas de final da Copa do Mundo

2 de julho de 2018 às 12:58
Brasil agora joga na sexta, às 15 horas de Brasília em busca da vaga na semifinal.

Foto: Reprodução/Fifa/Twitter

O Brasil conseguiu se classificar para as quartas de final da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Nesta segunda-feira (2), a seleção derrotou o México por 2 a 0, gols de Neymar e Roberto Firmino, no duelo válido pelas oitavas de final da competição.

Com a vitória, a seleção brasileira volta a jogar na próxima sexta-feira (6), às 15 horas, em Kazan, pelas quartas de final, contra o vencedor do confronto entre Bélgica e Japão – que ainda se enfrentam nesta segunda-feira. O volante brasileiro Casemiro, que levou o segundo cartão amarelo diante dos mexicanos, cumpre suspensão nas quartas de final.

Ao se classificar, a seleção brasileira manteve uma tradição que vem desde 1994: o time sempre chegou pelo menos entre os oito melhores de uma Copa do Mundo. A última vez que o Brasil caiu antes disso foi em 1990 – na ocasião, havia perdido para a Argentina (1 a 0) nas oitavas de final.

O México, por sua vez, manteve a sua tradição particular de ser eliminado nas oitavas de final – foi a sétima vez nas últimas sete Copas. Nas outras, os algozes foram Bulgária (1994), Alemanha (1998), Estados Unidos (2002), Argentina (2006 e 2010) e Holanda (2014).

PRIMEIRO TEMPO

No começo do jogo, o Brasil sentiu-se surpreendido pela marcação mexicana, com até oito jogadores no campo de defesa brasileiro. Por sorte, os defensores conseguiam bloquear os chutes do adversário. A seleção só começou a ter mais espaço para jogar depois dos 25 minutos, depois que Neymar passou a jogar menos aberto pela esquerda e mais perto de Gabriel Jesus e Philippe Coutinho. Nesse período, o time criou algumas oportunidades, mas sem sucesso. O México respondeu com troca de posicionamento de Vela (da esquerda para a direita) e Lozano (da direita para a esquerda). Mas não chegaram perto do gol.

SEGUNDO TEMPO

Para a etapa final, a seleção voltou sem alterações. O México, ao contrário, trocou Rafa Marquez pelo lateral Layún; com isso, Alvarez foi para o meio-de-campo. Mas o Brasil abriu o placar logo aos 6 minutos, quando Willian cruzou rasteiro e Neymar tocou para dentro. Foi o 6º gol do brasileiro em Copas – igualando-se ao argentino Messi.

Em seguida ao gol, o México queimou outras duas alterações – Jonathan dos Santos em vez de Alvarez e Jimenez no lugar de Guardado – para ficar mais ofensivo. O Brasil segurou o jogo e ainda teve chances de ampliar, mas os chutes a gol pararam no goleiro Ochoa.

A primeira troca de jogadores na seleção ocorreu apenas aos 35 minutos, com a entrada de Fernandinho no lugar de Paulinho. Aos 41, Philippe Coutinho deu lugar a Roberto Firmino. Aos 43, Firmino marcou 2 a 0, ao aproveitar um rebote do goleiro após finalização de Neymar. Aos 46, Marquinhos entrou na vaga de Willian, para segurar o resultado.

Fonte: Bem Paraná