Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Coritiba reencontra a vitória diante do Paysandu e volta provisoriamente ao G4

4 de julho de 2018 às 21:54
Com gols de Guilherme Parede e Bruno Moraes, Coxa derrotou o Papão por 2 a 0 no Couto Pereira

Após quatro jogos de jejum, o Coritiba reencontrou com as vitórias, nesta quarta-feira (04), ao derrotar o Paysandu, por 2 a 0, no Couto Pereira, em duelo válido pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o triunfo, o time mantém a invencibilidade dentro de casa e entrou provisoriamente no G4 da competição.

Efetividade foi a palavra que resumiu a atuação alviverde. Com o domínio total das ações, o Coxa foi efetivo nos momentos em que o adversário esboçava um crescimento e assim construiu seus dois gols. Primeiro, em uma dobradinha do goleiro Wilson com o artilheiro Guilherme Parede, que marcou o seu quinto gol no campeonato e oitavo na temporada. Já nos minutos finais, o poder do banco de reservas surgiu e Bruno Moraes, que havia entrado na segunda etapa, deu números finais ao jogo.

Na próxima rodada, o Coritiba volta a campo na próxima segunda-feira (09), às 18h, fora de casa, diante do Guarani, no Brinco de Ouro, em Campinas-SP, válido pela 15ª rodada da Série B.

O jogo

Precisando retomar as vitórias em casa após o empate contra o Figueirense, o Coritiba criou poucas vezes, mas teve amplo domínio e soube ser efetivo no primeiro tempo.

O time da casa pressionou nos minutos iniciais, com chegadas pelos lados do campo, mas encontrou uma defesa bem postada. Mesmo que timidamente, o Paysandu conseguiu aliviar a pressão e tentou esboçar um crescimento. Foi nessa hora que o Coxa foi letal. Aos 19 minutos, em contra-ataque rápido, Wilson acionou o atacante Guilherme Parede. O artilheiro alviverde recebeu na direita, limpou dois marcadores cortando para o meio e mandou para o fundo das redes.

Atrás no placar, o Paysandu tentou reagir em duas jogadas com Pedro Carmona pelo lado esquerdo. Na primeira, a bola se perdeu pela linha de fundo. Na segunda chance, esbarrou em boa defesa do goleiro Wilson, garantindo a ida para o intervalo com vantagem no placar.

O Coritiba começou a etapa final pressionando os visitantes em busca do segundo gol. Já nos primeiros minutos, Pablo Thomaz e Yan Sasse tentaram e forçaram o goleiro Renan Rocha a salvar duas vezes.

A situação ficou mais confortável aos 10 minutos, quando Fernando Timbó cometeu falta grave em Yan Sasse e recebeu o cartão vermelho, deixando o Papão com um a menos em campo.

A vantagem numérica fez com que o Coxa aumentasse a pressão e, por pouco, o segundo gol não saiu pouco depois. Aos 15 minutos, a bola veio rasteira em cruzamento da direita e Pablo Thomaz, da pequena área, carimbou o travessão do goleiro Renan Rocha.

Enquanto a pressão não surtia efeito do lado alviverde, o Paysandu teve a grande chance para empatar a partida. Aos 29 minutos, Leandro Silva cometeu pênalti em Thomaz. O próprio jogador do Papão cobrou e acertou o travessão de Wilson.

Assim como na primeira etapa, foi no momento de pressão do adversário que o Coritiba soube ser letal. Aos 45 minutos, quando os visitantes tentavam se aproximar da área, o Verdão conseguiu encaixar um ataque pelo lado direito. A bola foi cruzada na área e encontrou Bruno Moraes, livre, para ter apenas o trabalho de mandar para o gol, garantindo a vitória do Coritiba em casa e a volta provisória ao G4 da Série B.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 2X0 PAYSANDU

Local: Estádio Couto Pereira.
Data: Quarta-feira, 04 de julho de 2018.
Horário: 18h.
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO).
Assistentes: Edson Antonio de Sousa (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO).
Público e renda: 4.326 pagantes | 4.475 total | R$ 68.229,00

Coritiba: Wilson; Leandro Silva, Romércio, Alex Alves e Chiquinho; Vitor Carvalho, Uillian Corrêa (Vinícius Kiss) e Yan Sasse (Kady); Alisson Farias, Guilherme Parede e Pablo Thomaz (Bruno Moraes).
Técnico: Eduardo Baptista.

Paysandu: Renan Rocha; Maicon Silva, Edimar, Fernando Timbó e Mateus Müller; Nando Carandina, Renato Augusto e Thomaz; Claudinho (Magno), Moisés (Mike) e Pedro Carmona (Perema).
Técnico: Dado Cavalcanti.

Gols: Guilherme Parede aos 19′ do primeiro tempo e Bruno Moraes (CFC) aos 45′ do segundo tempo.
Cartões amarelos: Leandro Silva e Yan Sasse (CFC); Fernando Timbó e Perema (PAY).
Cartão vermelho: Fernando Timbó (PAY).