Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Hexa adiado! Brasil perde para a Bélgica e se despede da Copa

6 de julho de 2018 às 18:57
Quem imaginava um jogo relativamente tranquilo para a equipe brasileira, errou feio. Com bons contra-ataques, domínio no meio de campo e toques de bola envolventes, os belgas mostraram os motivos de terem o melhor ataque da Copa do Mundo da Rússia.

O sonho brasileiro virou um pesadelo nesta sexta-feira (6) com a eliminação nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia. O gol de Renato Augusto, aos 30 minutos da segunda etapa, alimentou um pouco mais a esperança brasileira de empatar o jogo, mas os belgas souberam administrar a vantagem de terem anotado dois gols na etapa inicial e comemorar a vaga na semifinal contra a França. Os gols da Bélgica foram de Fernandinho (contra) e De Bruyne.

Gol contra de Fernandinho e De Bruyne colocam belgas à frente

Quem imaginava um jogo relativamente tranquilo para a equipe brasileira, errou feio. Com bons contra-ataques, domínio no meio de campo e toques de bola envolventes, os belgas mostraram os motivos de terem o melhor ataque da Copa do Mundo da Rússia.

Aos sete minutos, o Brasil teve a chance de abrir o marcador com Thiago Silva, mas a bola parou na trave de Courtois. Dois minutos depois, Paulinho recebeu sozinho na marca do pênalti, mas tentou bater de primeira e errou a bola.

Aos 12 minutos, no primeiro escanteio da Bélgica, o gol. A bola passou por Kompany, mas bateu em Fernandinho e foi parar no fundo do gol do goleiro Alisson.

O gol contra deu uma quebrada no time brasileiro, que demorou para se reencontrar na partida. Coutinho até tentou de fora da área, mas o bom goleiro belga apareceu para fazer boa defesa.

Aos 30 minutos, em um belo contra-ataque que deixou a defesa brasileira perdida, De Bruyne mostrou qualidade para bater forte, da entrada da área e ampliar a vantagem para os belgas.

A partir daí o Brasil se lançou ao ataque e deixou espaços na defesa, mas o primeiro tempo acabou mesmo com a vantagem de dois gols para a Bélgica, no estádio de Kazan.

Renato Augusto diminuí, mas Brasil é eliminado

Com as entradas de Roberto Firmino e Douglas Costa, na segunda etapa, o Brasil se posicionou totalmente ao ataque. Os lances apareceram, principalmente pelo lado direito do ataque. Courtois defendeu o chute cruzado de Douglas Costa e Paulinho não conseguiu o rebote.

A seleção brasileira mostrou um futebol melhor a partir dos 25 minutos e conseguiu o gol cinco minutos depois. Coutinho fez belo lançamento e Renato Augusto, que havia acabado de entrar na partida, cabeceou no canto, sem chances para o goleiro belga.

A partir daí, só deu Brasil. Aos 32 minutos, Neymar tocou para Firmino, que dominou ajeitando e bateu forte, mas a bola passou sobre a meta.

Aos 34 minutos, a melhor chance para o empate. Renato Augusto recebeu na entrada da área, avançou e chutou no canto, mas a bola passou raspando a trave direita do gol belga.

Aos 38 minutos, Neymar fez boa jogada pela esquerda e rolou para Coutinho, dentro da área, mas o camisa 11 tentou tirar do goleiro e perdeu uma grande oportunidade.

Já nos acréscimos, com os belgas amornando a partida, o Brasil teve uma última oportunidade. Neymar bateu de chapa, da entrada da área, e Courtois fez uma defesa espetacular, evitando o gol brasileiro e garantindo a classificação da Bélgica para a semifinal da Copa do Mundo.