Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Família pede ajuda em praça de pedágio e bebê é socorrida de helicóptero em estado grave.

12 de julho de 2018 às 07:50
Segundo familiares a menor teria caído de um barranco de aproximadamente dois metros.

Foto: Divulgação PMPR

Após um pedido de ajuda na praça de pedágio de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, uma bebê de um ano e onze meses foi socorrida de helicóptero no começo da tarde desta quarta-feira (11). Segundo informações de familiares, repassadas aos socorristas que realizaram o atendimento na BR-376, a pequena teria caído de um barranco de aproximadamente dois metros, nos fundos de casa.

O pedido de ajuda foi feito por volta das 13 horas, segundo informações da concessionária Autopista Litoral Sul. Como o grave ferimento na cabeça foi constatado, o helicóptero da Polícia Militar foi chamado para o transporte até Curitiba. A família da vítima é moradora do bairro Contenda, que fica localizado a cerca de 12 quilômetros do pedágio.

De acordo com o cabo Machado, do Corpo de Bombeiros, mesmo após o socorro, a vítima ainda teve dificuldades de pouso na capital. Inicialmente, a ideia era que a criança fosse levada para o Hospital do Trabalhador, mas com uma restrição no heliponto e a impossibilidade de recebê-la no pronto-socorro mesmo que o pouso ocorresse no 13° Batalhão da PM, houve uma consulta ao Hospital Evangélico, que demonstrou disponibilidade. O pouso então aconteceu no Parque Barigui. “Infelizmente ainda temos esse problema com helipontos. A cidade cresceu e, quando o acidente é distante, precisamos dessa ferramenta. Acaba ficando uma situação complicada, já que estamos tentando ajudar e cada minuto conta”, explicou.

À Banda B, a assessoria do Hospital Evangélico informou que a bebê chegou ao local respirando por aparelhos. Com urgência, ela foi levada ao centro cirúrgico, onde ainda passa por exames na cabeça.

O estado da pequena é considerado delicado pelo hospital.