Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Atlético perde de virada para o Cruzeiro e pode terminar rodada em último

22 de julho de 2018 às 22:40
Furacão pode ser ultrapassado pelo Ceará nesta segunda-feira

O Atlético perdeu de virada para o Cruzeiro por 2 a 1 e está a cinco pontos do primeiro time fora da zona de rebaixamento. A situação pode piorar ainda nesta rodada já que uma vitória do Ceará sobre o Internacional coloca o Furacão na última posição.

Em um jogo com reviravoltas, o Atlético começou melhor e saiu na frente ainda no primeiro tempo. Guilherme cobrou pênalti no meio e marcou o primeiro gol. O Cruzeiro pressionou durante toda a etapa final e virou a partida com gols do uruguaio De Arrascaeta e do argentino Barcos.

O jogo

O técnico Tiago Nunes foi obrigado a mexer em três posições pelas suspensões de Renan Lodi e Raphael Veiga e a lesão de Thiago Heleno. Com isso, Nicolas, Wanderson e Guilherme foram as novidades na escalação. E o meia-atacante foi quem levou perigo pela primeira vez e perdeu um gol inacreditável. Após cruzamento rasteiro na área, o camisa 17 desviou de carrinho, livre na pequena área, e mandou para fora.

A equipe atleticana seguiu com maior possibilidade de gol e marcou na penalidade máxima. Bruno Guimarães invadiu a área e foi derrubado por Marcelo Hermes. O Cruzeiro reclamou muito com a arbitragem pedindo falta no lance anterior, porém, o árbitro confirmou o pênalti. Na cobrança, Guilherme cobrou no meio do gol e abriu o placar.

Depois de sofrer o gol, o time mineiro teve duas chances para empatar ainda na etapa inicial. Primeiro, De Arrascaeta cruzou na área e Thiago Neves cabeceou para firme defesa de Santos. Depois, novo cruzamento e Barcos mandou muito perto do travessão.

O Cruzeiro voltou para o segundo tempo pressionando e quase empatou logo aos dois minutos. Depois da cobrança de falta, o goleiro Santos espalmou. A bola ficou para Thiago Neves que chutou de dentro da área e o camisa 1 do Rubro-Negro fechou o ângulo para salvar.

De tanto insistir, o time mineiro empatou a partida em lance de bola aérea. Rafinha cruzou no meio da defesa e De Arrascaeta deixou tudo igual de cabeça. O Cruzeiro não ficou satisfeito com o empate e virou a partida em nova jogada de cruzamento. Desta vez, a bola chegou nos pés de Barcos e o centroavante marcou pela primeira vez em seu novo clube.

A situação atleticana complicou ainda mais após levar a virada com a expulsão de Lucho González. O argentino deu um carrinho por trás em Raniel e o árbitro deu o cartão vermelho direto. Com um jogador a menos, o Atlético não criou nenhuma chance e saiu de campo com a derrota.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 2X1 ATLÉTICO

Local: Estádio do Mineirão, Belo Horizonte (MG).
Data: Domingo, 22 de julho de 2018.
Horário: 19h.
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS).

Cruzeiro: Fábio; Edílson, Dedé, Léo e Marcelo Hermes; Lucas Romero, Lucas Silva (Rafinha), Robinho, Thiago Neves (Raniel) e De Arrascaeta; Barcos (Bruno Silva).
Técnico: Mano Menezes.

Atlético: Santos; Jonathan, Paulo André, Wanderson e Nicolas; Bruno Guimarães (Matheus Rosssetto), Lucho González e Guilherme (Marcelo Cirino); Pablo, Nikão (Bruno Nazário) e Bergson.
Técnico: Tiago Nunes.

Cartões amarelos: Guilherme, Bergson e Nikão (CAP); Edílson (CRU).
Cartão vermelho: Lucho González (CAP).
Gols: Guilherme (CAP), aos 39′ do primeiro tempo, De Arrascaeta (CRU), aos 20′ do segundo tempo, e Barcos (CRU), aos 38′ do segundo tempo.

FONTE BANDA B