Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Pinheiro de pedra, uma das lendas de Prudentópolis

28 de agosto de 2018 às 16:37
I CAMINHADA INTERNACIONAL DA NATUREZA, Circuito Ponte Nova, com o lendário Pinheiro de Pedra, e passará pelo pinheiro.

Fotos: Dionisio Hul e Oksana Jadvizak.

Em uma comunidade do interior de Prudentópolis residia uma família, onde a mãe e o filho eram cristãos praticantes e o pai ria das suas orações. Eles não ligavam para o que o pai pensava e faziam o que achavam certo. No dia 25 de março, anunciação de Nossa Senhora, e um dos dias santos mais importantes do ano, enquanto eles foram para a igreja, este senhor foi para o sítio derrubar um pinheiro para aproveitar o tempo bom. O dia passou, à tarde ele retornou para a casa onde sua esposa e seu filho esperavam com o jantar. Para evitar discussão sua esposa não falou nada. E o pai orgulhoso disse ao filho: – “Amanhã vamos levantar bem cedo, porque eu já fretei o caminhão para ir buscar as toras do pinheiro que derrubei, e vocês aproveitam para carregar os galhos para servir de lenha para o fogão”. E assim aconteceu. Chegaram ao local, antes das 8 horas da manhã. O pai começou a dar golpes de machado nos galhos do pinheiro e nada de cortar, o machado pulava para cima. As pessoas que vieram para carregar as toras no caminhão se negavam a acreditar no viam. As toras e os galhos haviam sido transformados em pedra e até hoje se encontram pedaços destruídos em vários acervos particulares. Este trecho foi retirado do livro “Lendas e Contos Populares do Paraná.”

E a prefeitura de Prudentópolis nos últimos preparativos da I CAMINHADA INTERNACIONAL DA NATUREZA, Circuito Ponte Nova, com o lendário Pinheiro de Pedra, resolveu deixar a lenda mais aparente, como o pinheiro estava em sua maior parte enterrado,  o mesmo foi limpo e a terra em sua volta retirada, para que o mesmo possa ser visto de uma forma satisfatória durante a caminhada. As imagens impressionam, mas a formação não passa de um fenômeno natural um pouco comum, existem diversas árvores no mundo que sofreram a mesma petrificação.