Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Atlético deixa escapar o resultado em Chapecó

14 de setembro de 2018 às 09:09

Foto: Sirli Freitas/ACF

Na noite desta quinta-feira (13), o Atlético Paranaense enfrentou a Chapecoense, na Arena Condá. O jogo, válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, havia sido adiado na data anterior pela impossibilidade de pouso do Furacão em Chapecó. E, apesar de nesta noite o Atlético ter saído na frente no placar, com gol de Pablo, foi a Chapecoense que venceu a partida. O resultado acabou em 2 a 1 para o time da casa.
Jogo
O primeiro tempo foi bastante equilibrado. No segundo minuto de jogo, a Chapecoense cobrou uma falta pela esquerda, mas Renan Lodi apareceu para fazer o corte de cabeça. O Furacão teve a primeira boa chance aos 13 minutos. Wellington encontrou Veiga na área, que bateu rasteiro, mas o goleiro segurou firme a bola.
Aos 15’ e aos 16’, Victor Andrade teve duas oportunidades para a Chapecoense, mas ambas foram para fora.
Bruno Guimarães foi protagonista da jogada mais bonita do primeiro tempo. Aos 23 minutos, ele fez fila na defesa adversária e foi derrubado na área. A bola sobrou para Raphael Veiga, que chutou rasteiro e o goleiro adversário defendeu. No lance do Bruno, o árbitro não marcou pênalti para o Atlético!
Aos 34 minutos, quase saiu o gol atleticano. Veiga cobrou o escanteio fechado, Thiago Heleno desviou a bola de cabeça e ela foi para fora. Dois minutos depois, Santos fechou a meta do Atlético. Diego Torres cobrou falta perigosa, mas o goleiro atleticano fez a defesa.
A última chance rubro-negra no primeiro tempo foi aos 38’. Marcinho avançou em velocidade e chutou por cima do gol.
Segunda etapa
As equipes voltaram com as mesmas formações para a segunda parte do jogo. Aos três minutos, Diego Torres cobrou uma falta perigosa para a equipe de Chapecó, mas a barreira atleticana não deixou a bola passar. Cinco minutos depois, Leandro Pereira desviou a bola de cabeça com perigo, mas foi para fora.
Aos 10’, o Atlético chegou com Marcinho, que recebeu pela direita e tentou o chute cruzado, mas a bola saiu de campo. Depois desse lance, o Furacão cobrou dois escanteios. No primeiro, a bola foi para fora e no segundo, o goleiro adversário defendeu.
O Rubro-Negro abriu o placar aos 15 minutos. Renan Lodi fez um cruzamento perfeito da esquerda e Pablo cabeceou com precisão no canto direito do goleiro adversário. 1 a 0!
Dois minutos depois, quase saiu o segundo gol atleticano. Rony bateu de fora da área, mas o goleiro da Chapecoense fez a defesa. O técnico Tiago Nunes alterou o time aos 22 minutos. Matheus Rossetto entrou no lugar de Rony.
A Chapecoense empatou a partida aos 32 minutos. Bruno Silva avançou pela direita e cruzou rasteiro. Bruno Guimarães tentou cortar, mas a bola acabou entrando no gol atleticano. 1 a 1.
Dez minutos depois, a equipe local virou o placar. Após o cruzamento, Bruno Silva cruzou para a área e Leandro Pereira cabeceou para marcar. 2 a 1.
Antes do final da partida, o técnico interino atleticano promoveu mais duas alterações na equipe. Bruno Guimarães saiu para entrada de Anderson Plata, aos 44 minutos, e Raphael Veiga deu lugar ao Bergson, aos 45’.
Ficha técnica: Chapecoense 2×1 Atlético Paranaense
Campeonato Brasileiro: 20ª rodada
Data: 13/09/2018 [quinta-feira]
Horário: 20h
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza – SP [categoria AB]
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse – SP [FIFA] e Alex Ang Ribeiro – SP [categoria AB]
Quarto árbitro: Thiaggo Americano Labes – SC [categoria AB]
Árbitros assistentes adicionais: Anderson da Silveira Farias – RS [categoria CD] e Jonathan Benkenstein Pinheiro – RS [categoria CD]
Chapecoense: Jandrei; Eduardo, Thyere, Nery e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo (Canteros, aos 19’ do 2ºT), Doffo (Bruno Silva, aos 20’ do 2ºT)e Diego Torres (Yann Rolim, aos 34’ do 2ºT); Victor Andrade e Leandro Pereira.
Técnico: Guto Ferreira
Gols: Bruno Guimarães (contra), aos 32’ do 2ºT; e Leandro Pereira, aos 42’ do 2ºT
Atlético Paranaense: Santos; Diego, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington e Bruno Guimarães (Anderson Plata, aos 44’ do 2ºT); Rony (Matheus Rossetto, aos 22’ do 2ºT), Raphael Veiga (Bergson, aos 45’ do 2ºT) e Marcinho; Pablo.
Técnico: Tiago Nunes
Gol: Pablo, aos 15’ do 2ºT
Cartões amarelos: Bruno Guimarães, Pablo e Diego
Fonte: Assessoria CAP