Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Cadela espera em pátio de delegacia por dono preso, no interior do Paraná

23 de setembro de 2018 às 07:55
Homem foi detido na noite de sexta-feira (21), em Cambé, por não pagar pensão alimentícia, segundo a polícia. Agentes da delegacia cuidaram do animal e entraram em contato com familiares do preso.

Foto: Gustavo Parra/RPC

Uma cadela ficou esperando por quase 20 horas, no pátio da Delegacia de Cambé, no norte do Paraná, pelo dono preso na noite de sexta-feira (21).

O homem, de 56 anos, foi detido por volta das 21h, porque tinha um mandado de prisão em aberto por não pagar pensão alimentícia expedido pela Justiça de São Paulo, de acordo com o delegado Roberto Fernandes de Lima.

“Quando ele foi trazido para a delegacia, veio junto uma cadelinha dele que o acompanhou e se recusou a ir embora”, afirmou Lima.

A cachorra, que se chama Peppa e tem cerca de 6 anos, seguiu o camburão que levou o homem da casa onde ele mora até a delegacia.

Peppa ficou do lado de fora, e os agentes deram comida e água para a cadela, enquanto tentavam contato com familiares do preso.

Por volta das 16h deste sábado (22), a irmã do preso, Tereza Graça, foi até a delegacia e levou Peppa para casa. Ela contou que o irmão tem outros dois cachorros e que vai cuidar dos bichos enquanto ele estiver preso.

“Ela [Peppa] tem amor nele, né? Ela não desgruda dele, onde ele vai, ela vai. Eu acho que ela está aqui protegendo ele”, declarou a irmã.

Em nove anos na Polícia Civil do Paraná o delegado afirmou que nunca tinha visto uma situação parecida. “O cão é muito fiel ao seu dono”, disse.

Fernandes informou que o homem só deve ser solto depois que pagar os débitos da pensão alimentícia.

Foto: Portal Cambé

Fonte: G1PR