Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Polícia Civil prende um dos suspeitos de roubo que deixou vítima gravemente ferida na CIC

28 de setembro de 2018 às 12:25
DFRV divulga foto e pede ajuda da população para prender o outro suspeito que segue foragido.

Colaboração Repórter Kiko de Oliveira.

Foto: Policia Civil

Equipes policiais da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) cercaram a Vila Barigui, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), na manhã desta sexta-feira (28/09), e prenderam Weler Michel Oriole, suspeito de ser um dos envolvidos no crime de tentativa de latrocínio no dia 17 de setembro, também na CIC. De acordo com a polícia, Oriole é apontado como autor dos disparos que atingiram a vítima. O outro suspeito segue foragido.

O crime foi registrado na rua Cidade Gaúcha, quando a vítima, juntamente com seu marido, saía da casa de parentes. Eles foram abordados pelos dois rapazes que deram voz de assalto. Segundo relato das vítimas, os assaltantes agiram com rapidez e logo mostraram a arma pedindo a chave do carro e os celulares.

As vítimas ainda contaram que os objetos foram entregues sem resistência em um primeiro momento. Na sequência ouve um esboço de reação por parte da mulher, e foi neste momento que ela foi atingida por tiros. Ela foi socorrida e encaminhada ao Hospital do Trabalhador em estado grave.

Conforme informações de familiares, após dias na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), ela recebeu alta. Seu estado de saúde é bom e agora se recupera em casa, apesar de ter que conviver com o projétil que ficou alojado nas costas.

Para o delegado que comandou as investigações, Edgar Dias Santana, foi de suma importância a descrição das características dos elementos pelas pessoas que presenciaram o roubo. “A descrição e a feitura dos retratos falados dos indivíduos contribuiu muito para que a equipe de investigação, responsável por este trabalho, pudesse trabalhar na qualificação dos suspeitos”, disse o delegado.

Segundo ele, esse caso ressalta a importância de a vítima nunca demonstrar nenhum tipo de reação. “Esse é mais um exemplo de como é temerária qualquer tipo de reação da vítima. O ladrão está preparado para qualquer coisa no momento do roubo, e normalmente ele não pensa e nem tem nada a perder”, diz Edgar.

Foto: Policia Civil

Foragido
O delegado destacou ainda que o suspeito foragido foi identificado como Carlos Augusto Rodrigues de Moraes e pede a ajuda da população para localizar o rapaz. “As denúncias são muito importantes para o trabalho da polícia”, afirma.
Vale lembrar que não é preciso se identificar para efetuar a denúncia que pode ser feita pelos telefones 0800-644-7144, que é o disk-denúncia da DFRV, ou pelo 197.

Fonte: Policia Civil