Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Guarapuava e Laranjeiras do Sul receberão postos para abastecer carros elétricos

19 de outubro de 2018 às 06:46
Unidades fazem parte da primeira eletrovia do Paraná que vai ligar o Litoral até Foz do Iguaçu

Foto: Divulgação Copel

Guarapuava e Laranjeiras do Sul serão os próximos municípios a receber postos para abastecer carros elétricos no Paraná. O eletroposto é um projeto da Copel e da Itaipu Binacional e irá abranger toda a BR 277, desde Paranaguá até Foz do Iguaçu.

Na última segunda feira (15 de outubro), mais um dos eletropostos que compõem a primeira eletrovia do Paraná, foi inaugurado. A nova estação de recarga fica no km 233 da BR 277, no restaurante Anila, em Irati, centro-sul do Estado.

A unidade de abastecimento é a quarta colocada em funcionamento desde março deste ano, quando foi lançado o projeto da eletrovia – que terá um total de 11 eletropostos.

O primeiro inaugurado fica no polo da Copel localizado no Km 3 da BR-277, em Curitiba. O segundo, em Paranaguá, também na agência da Copel. O terceiro entrou em funcionamento no final de agosto, instalado em frente ao Centro de Recepção de Visitantes da Usina de Itaipu, em Foz do Iguaçu.

Os demais devem entrar em funcionamento até novembro, fechando o ano com a BR-277 100% preparada para uma viagem de carro elétrico, cortando o Estado de ponta a ponta.

“A concretização de uma infraestrutura preparada para os veículos elétricos em uma via importante como esta é um grande passo para o fomento desse mercado”, acredita o presidente da Copel, Jonel Iurk.

700 QUILÔMETROS

Na primeira eletrovia paranaense são mais de 700 quilômetros que poderão ser percorridos por veículos elétricos, uma vez que as unidades de recarga estarão todas posicionadas em pontos determinados conforme a autonomia dos automóveis deste tipo disponíveis no Brasil.
Cada eletroposto terá 50 kVA (kilovoltampere) de potência – o equivalente a dez chuveiros elétricos ligados ao mesmo tempo – e três tipos de conectores, próprios para atender os modelos de carros elétricos ou híbridos vendidos no Brasil.

As estações serão todas de carga rápida e gratuita: levará entre meia e uma hora para carregar 80% da bateria da maioria dos carros elétricos. Esses modelos rodam de 150 a 300 quilômetros a cada carga.

A Copel está investindo R$ 5,5 milhões no projeto e Itaipu, R$ 550 mil. Por enquanto, o abastecimento não terá custo. No caso da unidade instalada na Anila, o motorista precisa apenas solicitar ao gerente do local que libere o uso – e, assim, realizar o abastecimento.

Os próximos eletropostos serão instalados ao longo da BR-277 em cidades como Medianeira, Cascavel, Laranjeiras do Sul e Guarapuava.

Fonte: GMais Noticias