Prefeito Cesar Filho sanciona duas leis que regulamentam a situação dos cães comunitários

29 de novembro de 2018 às 21:16

Nesta quarta-feira (28), o prefeito Cesar Silvestri Filho sancionou duas leis direcionadas a causa animal de Guarapuava, ambas do vereador Aldonei Luis Bonfim (Dognei).

A Lei do Cão Comunitário regulamenta e apoia a ação de grupos de pessoas que acolhem e cuidam voluntariamente de animais de rua.

O principal benefício é o amparo legal para que essas pessoas possam construir casinhas e abrigos para os animais no passeio público.

A Lei do Benefício de Castração surge para complementar a primeira. Com ela, os tutores voluntários poderão solicitar a castração do animal gratuitamente pelo Canil Municipal.

“A diferença é que com a lei do benefício, o tutor não precisa apresentar comprovação de baixa renda para conseguir uma castração gratuita, já que ele está realizando um trabalho voluntário ao cuidar do animal errante”, destacou o prefeito Cesar Silvestri Filho, lembrando que a situação dos animais de rua é algo que deve ser trabalhado amplamente.

Na ocasião, o secretário de Meio Ambiente, Celso Araújo, apontou dados sobre o investimento da Prefeitura aos animais. “Somente este ano, foram investidos R$ 826.360,00 na causa animal que atende animais como cavalos, cães e gatos. Estamos constantemente trabalhando em ações que visam não só o bem estar e proteção animal, mas como da população também”.

O Dognei agradeceu as parcerias da prefeitura, dos voluntários e das entidades que apoiam a causa animal em Guarapuava, destacando ainda as mudanças no cenário que já são visíveis e o início de um grande trabalho. “A causa animal tem sido vista com bons olhos pelo prefeito.

Quando iniciamos as atividades do canil em 2007, os recursos para a alimentação básica dos animais eram muito difíceis de conseguir, tínhamos 50 kg de ração para alimentar mais de 150 animais.

Hoje oferecemos uma excelente alimentação para os animais do Canil Municipal, que inclusive é novo, construído pela atual administração.

Também já adquirimos o castramóvel que logo entrará em operação. São muitas conquistas e vamos continuar lutando para garantir muito mais”, finalizou o vereador.

A Lei do benefício de Castração é válida para animais errantes, que não possuem dono, e semi errantes, aqueles cuidados pela vizinhança.

Para ter o benefício de castração, uma pessoa precisa se cadastrar como tutor voluntário na Secretaria de Meio Ambiente. Para fazer o cadastro é necessário levar uma cópia de um documento de identificação com foto e comprovante de residência original.

Após o requerimento da castração, o tutor informa a localização do animal e a equipe do Canil Municipal o recolherá para fazer a castração.

 

Prudentópolis
28º
Tempo limpo
Ponta Grossa
24º
Tempo limpo
Guarapuava
27º
Tempo limpo
Curitiba
25º
Tempo limpo
Londrina
26º
Parcialmente nublado
União da Vitória
27º
Parcialmente nublado
  • É com pesar que e o PAF  e a Funerária Anjo Gabriel  comunica o falecimento do senhor José Doruch aos 81 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  e o Plano Sindi-Saúde comunica o falecimento
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat e o Plano Sindi-Saúde   comunica o falecimento
  • É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento do senhor
  • É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento
  • É com pesar que e a Funerária São João  e o Plano Uni-Paz   comunica o falecimento do senhor João Senkiu Sobrinho aos 59 anos de idade.
  • Confira as vagas de emprego disponíveis na Agência do Trabalhador de Prudentópolis
  • Gato-maracajá encontrado no Centro de Guarapuava é devolvido a natureza
  • Feira de adoção de pets ocorre neste domingo (12), no Parque Aquático de Irati
  • Comunicador Robson Rodrigues assume como vereador de Imbituva nesta semana
  • Reencontro nacional de gerações tradicionalistas marca fim de semana em Guarapuava
  • Inscrições para Castrapet em Prudentópolis começaram nesta segunda (06)