Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Mulher armada com canivete assalta salão de beleza em Prudentópolis

29 de dezembro de 2018 às 12:00
DE ACORDO COM O RELATO DA SOLICITANTE, UMA PESSOA DO SEXO FEMININO (POSTERIORMENTE IDENTIFICADA) ENTROU NO REFERIDO ESTABELECIMENTO PORTANDO UMA ARMA BRANCA DO TIPO “CANIVETE” E QUE EXIGIU DINHEIRO PARA COMPRAR “UM GOLE DE PINGA”.

ENTROU EM CONTATO COM A CENTRAL DE OPERAÇÕES DA 4ª CIA UMA SRA PARA COMUNICAR UM ROUBO.

O FATO OCORREU NO ENDEREÇO ACIMA CITADO, ONDE FUNCIONA UM SALÃO DE BELEZA DENOMINADO “SEMPRE BELA”.

DE ACORDO COM O RELATO DA SOLICITANTE, UMA PESSOA DO SEXO FEMININO (POSTERIORMENTE IDENTIFICADA) ENTROU NO REFERIDO ESTABELECIMENTO PORTANDO UMA ARMA BRANCA DO TIPO “CANIVETE” E QUE EXIGIU DINHEIRO PARA COMPRAR “UM GOLE DE PINGA”.

A SOLICITANTE RELATOU QUE FOI RECUANDO PARA A PARTE INTERNA DO SALÃO A FIM DE SE PROTEGER DA AMEAÇA AO PASSO QUE A DENUNCIADA FOI AVANÇANDO EM SUA DIREÇÃO APONTANDO O CANIVETE E GRITANDO A TODO MOMENTO “VENHA PRA CIMA DE MIM QUE EU TE CORTO, TE MATO” E QUE NESTE MOMENTO PEGOU PRA SI UM APARELHO CELULAR, DE PROPRIEDADE DE UMA CLIENTE (SMARTFONE NA COR DOURADA, MARCA SAMSUNG GALAXY J2 PRIME) QUE ESTAVA SOBRE UMA DAS CADEIRAS DO ESTABELECIMENTO E O GUARDOU DENTRO DE SUA BERMUDA.

AS VITIMAS OFERECERAM ALIMENTOS E/OU DINHEIRO PARA QUE A AUTORA DEVOLVESSE O APARELHO, NO ENTANTO A MESMA NÃO APENAS SE RECUSOU, MAS AINDA, PASSOU A AMEAÇAR AS MESMAS COM MAIOR AGRESSIVIDADE, “VOU CONTAR ATÉ TRÊS, ‘UM, DOIS , TRÊS’, DAI VOU CORTAR VOCÊS SE CHAMAREM A POLICIA OU SE TENTAREM PEGAR ESSE CELULAR DE VOLTA” INTIMIDANDO/INIBINDO QUALQUER TIPO DE AÇÃO POR PARTE DAS VÍTIMAS, NA TENTATIVA DE RECUPERAR O APARELHO.

NESTE MOMENTO A SOLICITANTE CONSEGUIU CONTATO COM A LINHA 190 E AO PERCEBER ISSO A DENUNCIADA TENTOU SE EVADIR, SENDO QUE A EQUIPE POLICIAL, CHEGOU EM TEMPO DE EVITAR QUE A FUGA OCORRESSE, REALIZANDO A ABORDAGEM DA DENUNCIADA NA RUA DOS MENDES, PRÓXIMO DA ESQUINA COM A RUA AFONSO PENA, FOI REALIZADA A APREENSÃO DOS OBJETOS, OS QUAIS ESTAVAM ESCONDIDOS EMBAIXO DAS VESTES INTIMAS DA MESMA (A BUSCA PESSOAL FOI FEITA PELA POLICIAL FEMININA QUE COMPUNHA A EQUIPE QUE ATENDEU A OCORRÊNCIA).

A AUTORA RESISTIU E DESOBEDECEU A ABORDAGEM E A TODO MOMENTO (ESTAVA MUITO AGITADA E SE DEBATEU TENTANDO SE DESVENCILHAR DA ABORDAGEM, BEM COMO DA BUSCA PESSOAL), SENDO NECESSÁRIO EMPREGO DE ALGEMAS E SOLICITAÇÃO DE APOIO DE OUTRA EQUIPE PARA PRESTAR AUXILIO NO TRANSPORTE COM OUTRA VIATURA QUE POSSUI CAMBURÃO, TENDO EM VISTA O RISCO A INTEGRIDADE FÍSICA DA PRÓPRIA AUTORA, BEM COMO RISCO A INTEGRIDADE FÍSICA DA EQUIPE POLICIAL, AFINAL ELA ESTAVA MUITO AGRESSIVA.

POSTERIORMENTE, DURANTE O TRANSPORTE E JÁ NAS DEPENDÊNCIAS DA DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL LOCAL OFENDEU A EQUIPE POLICIAL VERBALMENTE, COM DESTAQUE PARA TERMOS E AMEAÇAS FEITAS PARA A POLICIA FEMININA DA EQUIPE: “SUA PUTA, VAGABUNDA, EU POSSO NÃO TE MATAR, MAS CONHEÇO QUE PODE, VOCÊ VAI VER”, DENTRE OUTROS TERMOS.

A AGITAÇÃO E A AGRESSIVIDADE DA AUTORA PERDURARAM DURANTE O TEMPO EM QUE ELABOROU O BOLETIM DE OCORRÊNCIA.

OS ENVOLVIDOS FORAM ENTREGUES NA DELEGACIA DE POLICIA PARA PROCEDIMENTOS APROPRIADOS AO FATO AQUI RELATADO.