Médicos britânicos testam ‘bafômetro’ que pode detectar câncer

5 de janeiro de 2019 às 09:41

Médicos britânicos começaram testes clínicos para testar se uma espécie de “bafômetro” é capaz de detectar a ocorrência de câncer.

O objetivo dos pesquisadores é saber se os diferentes tipos de câncer que afetam o corpo humano deixam algum tipo de rastro químico que possa ser detectado na respiração humana.

A equipe do instituto Cancer Research UK, da Universidade de Cambridge, vai coletar amostras de respiração de 1.500 pessoas – algumas delas já diagnosticadas com câncer.

Se a tecnologia se mostrar eficaz, poderá ser usada por clínicos gerais para saber se há necessidade de estudos mais aprofundados.

Os testes do “bafômetro” poderiam ser usados em conjunto com outros, como os de urina e de sangue, para ajudar os médicos a detectar o câncer ainda nas fases iniciais, disseram os pesquisadores.

Os resultados desses primeiros testes com o “bafômetro”, porém, só estarão disponíveis daqui a dois anos.

Clínicos gerais ouvidos pela reportagem se mostraram entusiasmados com a pesquisa, mas disseram ser improvável que o “bafômetro” se torne um instrumento disseminado para combater o câncer tão cedo.

Como funciona o teste?

Quando estão funcionando normalmente, as células que formam o nosso corpo liberam moléculas chamadas compostos orgânicos voláteis (VOCs, na sigla em inglês).

Mas, quando atingidas pelo câncer ou por outras doenças, o comportamento normal das células é alterado: elas parecem produzir estas moléculas num padrão diferente, inclusive com outro odor.

O que os pesquisadores estão tentando saber é se estes padrões e cheiros podem ser identificados pelo tal bafômetro, se podem ser diferentes para cada tipo de câncer e se podem ser percebidos já nos primeiros estágios da doença.

FONTE BANDA B

 

Prudentópolis
13º
Tempo nublado
Ponta Grossa
14º
Chuva
Guarapuava
11º
Tempo nublado
Curitiba
15º
Tempo nublado
Londrina
17º
Neblina
União da Vitória
13º
Tempo nublado
  • É com pesar que comunicamos o falecimento de Silvana Izabel Machado Spisila aos 60 anos
  • É com pesar que a Funerária São Josafat e o Sindi Saúde, comunicam o falecimento do Sr Edmundo Krassowski.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Sr Nestor Gaudeda.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Erondina da Silva.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel  comunica o falecimento do Sr Paulo Rebinski aos 52 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Vassilio Okaranski Neto aos 59 anos.
  • IAT divulga dados da compensação pela exploração de recursos minerais no Paraná
  • Inscrições do programa que vai custear bolsas e curso de TI para mil jovens estão abertas
  • Ação contra desmatamento ilegal no Sudoeste resulta em R$ 2,8 milhões em multas
  • Professores que participaram do Ganhando o Mundo debatem experiência internacional
  • Programa Parceiro da Escola tem mais de 90% de aprovação nas unidades do projeto-piloto
  • Com dias mais frios, Copel orienta consumidores sobre o uso eficiente de energia