Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Justiça manda prender ex-governador Beto Richa

25 de janeiro de 2019 às 08:21
A ação foi movida pelo Ministério Público Federal (MPF) por meio da Operação Integração, uma fase da Lava Jato que investigou a concessão de rodovias no Paraná.

A Polícia Federal cumpre na manhã desta sexta-feira (25) um mandado de prisão contra o ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB).

A ação foi movida pelo Ministério Público Federal (MPF) por meio da Operação Integração, uma fase da Lava Jato que investigou a concessão de rodovias no Paraná.

É o segundo pedido de prisão ao ex-governador em menos de quatro meses, já que Richa foi alvo de mandado de prisão no dia 11 de setembro. Além dele, a esposa Fernanda Richa também foi presa, assim como o ex-secretário da Casa Civil Deonilson Roldo, o irmão de Beto, Pepe Richa, que foi secretário de obras e ainda o ex-secretário especial de Cerimonial e amigo de Richa, Ezequias Moreira e o ex-secretário de Assuntos Estratégicos, Edson Casagrande.

A prisão de Beto Richa fez parte de uma operação apura direcionamento de licitação para beneficiar empresários e o pagamento de propina a agentes públicos, além de lavagem de dinheiro no programa do governo estadual do Paraná Patrulha do Campo, no período de 2012 a 2014.

FONTE BANDA B