Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Athletico derrota o Cianorte, mas é eliminado da Taça Sucupira

10 de fevereiro de 2019 às 23:06
Com o resultado, o Cianorte também deixou a classificação escapar. Desta forma, ambos os clubes terão um mês para se preparar para o segundo turno do campeonato, a Taça Dirceu Krüger.

Em uma tarefa difícil na busca pela classificação, o Athletico entrou em campo na tarde deste domingo (10) diante do Cianorte e, apesar de vencer por 1 a 0, não conseguiu avançar à semifinal da Taça Sucupira. A primeira vitória em casa no Campeonato Paranaense veio pelos pés de Bruno Leite.

Com o resultado, o Cianorte também deixou a classificação escapar. Desta forma, ambos os clubes terão um mês para se preparar para o segundo turno do campeonato, a Taça Dirceu Krüger.

Primeira etapa morna

A partida começou truncada e a primeira oportunidade para o Furacão só apareceu aos 7’, com Bergson mandando pela direita do gol após cobrança de falta. O duelo seguiu morno e sem grandes chances para ambos os times, que sofriam com falta de entrosamento e finalizações sem qualidade. O CAP voltou a aparecer aos 25’, com Lucas Halter mandando por cima do gol após cobrança de escanteio de Marquinho.

Sem levar nenhum perigo, a partida seguiu morna em um resultado ruim para ambos os clubes que, com um empate, anularia as chances de classificação para a semifinal da Taça Sucupira do Campeonato Paranaense.

Athletico abre o placar e domina o jogo

O Cianorte apareceu pela primeira vez na partida logo no primeiro minuto da segunda etapa, com Jovany cabeceando por cima do gol após Maurício desviar a cobrança de escanteio na primeira trave. O Furacão respondeu logo em seguida: ao receber o cruzamento, Poveda aproveitou a falha da zaga e bateu de primeira, por cima do gol dos visitantes. As equipes voltaram bem do intervalo e, aos 9’, o Cianorte obrigou o goleiro Léo a trabalhar após Filipe Ramon bater cruzado.

Quase que instantaneamente, o Athletico respondeu com Bruno Leite que, ao receber na área, limpou e bateu rasteiro direto para o fundo do gol do Cianorte. Com vantagem no placar, o Furacão começou a gostar do jogo e, aos 12’, Poveda apareceu em boa jogada individual. Porém, Demethryus adiantou muito e não conseguiu receber para finalizar o lance.

Sem encontrar reação do Cianorte, o CAP quase chegou ao segundo gol aos 24’, quando Bruno Leite encontrou Poveda pela direita. O atacante arrancou sozinho e cruzou para a área, mas não encontrou nenhum rubro-negro. A partida continuou com os donos da casa tentando encontrar mais um gol, que não veio.