Frente Parlamentar na ALEP pretende proteger, valorizar e fomentar produção de erva-mate

11 de março de 2019 às 18:19

O Paraná ocupa o primeiro lugar na produção de erva-mate no Brasil, com mais de 300 mil toneladas por ano (86,4% do cultivo nacional), conforme pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

O Estado concentra 18 dos 20 principais municípios no segmento. Cruz Machado, São Mateus do Sul e Bituruna são os maiores produtores com 83 mil , 65 mil e 43 mil toneladas, respectivamente.

Estima-se que entre 70% e 80% da produção saiam de pequenas propriedades, envolvendo diretamente 15 mil famílias, somente no Sul do Paraná. Mesmo com tantos números positivos, os agricultores estão apreensivos já que a retração de consumo e de preços por arroba (como é comercializada no mercado) é uma realidade a ser enfrentada.

Para proteger, valorizar cada vez mais a cadeia produtiva no território, garantindo desenvolvimento social e econômico, o deputado estadual Emerson Bacil (PSL) propôs a criação da Frente Parlamentar da Erva-Mate na Assembleia Legislativa do Paraná.

O grupo de trabalho deve ser instalado nas próximas semanas. Bacil representa a região – mora em São Mateus do Sul, considerada a capital da erva-mate.

A Frente Parlamentar é um anseio de todas as pessoas envolvidas no meio e vamos trabalhar muito para fomentar o setor”, afirma.

Predomina no solo paranaense a erva-mate nativa, que cresce sob a sombra das famosas araucárias e outras árvores, garantindo qualidade superior ao produto.

O município de São Mateus do Sul já havia sido reconhecido como território produtor de erva-mate no Brasil, com selo de indicação de procedência concedido para a Associação dos Amigos da Erva-mate (IG-Mathe) pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

A certificação abrange ainda outras cinco cidades da região.

A Lei Federal que institui a Política Nacional da Erva-Mate, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro no início deste ano, também deve ajudar a impulsionar o setor, mas o deputado Emerson Bacil frisa a importância de “regionalizar” o tema.

“Precisamos pensar em estratégias eficazes, dando respaldo às famílias, aos que fazem o manejo da erva-mate sombreada, considerada uma das melhores do mundo e que só existe na nossa região”, finaliza.

Fonte Assessoria de Imprensa Deputado Emerson Bacil
Imagem ALEP PR

Prudentópolis
18º
Tempo nublado
Ponta Grossa
16º
Parcialmente nublado
Guarapuava
17º
Chuvas esparsas
Curitiba
17º
Tempo limpo
Londrina
19º
Tempo limpo
União da Vitória
14º
Chuvas esparsas
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Daniel Germano Pesck aos 82 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Maria Fiuza Ribeiro
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Sr. Lademiro Petriw, popularmente conhecido como “Ladio”.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Antenor Marconato aos 71 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sr. Ilor Vicente Pontarolo.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento da Sra Adelaide Woicik  Stasiu aos 80 anos de idade.
  • Acidente Fatal na BR-373 em Prudentópolis: Colisão Frontal Resulta em Morte 
  • Connect Week discute uso da inovação para uma agricultura mais sustentável
  • Paraná populariza inovação no Connect Week com anúncio de investimentos e projetos
  • Ranking destaca ações sustentáveis das universidades estaduais; UEL lidera no Paraná
  • IAT fiscaliza pesca irregular e fecha cativeiro de aves no Centro-Oeste do Estado
  • Fomento Paraná e BDMG firmam acordo de cooperação técnica