Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Deputado é condenado por usar dinheiro da Alep para imprimir 30 mil cartões de Natal e aniversário

25 de março de 2019 às 20:07
De acordo com a denúncia do Ministério Público (MP-PR), houve desvio de dinheiro, considerando que a verba deveria ser destinada para despesas com “impressão de material para educar, informar ou orientar a população sobre atividades parlamentares”.

O deputado estadual Jonas Guimarães (PSB-PR) foi condenado por improbidade administrativa por usar parte da cota parlamentar para se autopromover. O político imprimiu 15 mil cartões de natal e outros 15 mil cartões de aniversário, e pagou o serviço com o dinheiro que estava destinado para “divulgação da atividade parlamentar”.

A 2ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba responsabilizou o político e determinou que o dinheiro seja devolvido à Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Além disso, Jonas Guimarães deverá pagar uma multa.

De acordo com a denúncia do Ministério Público (MP-PR), houve desvio de dinheiro, considerando que a verba deveria ser destinada para despesas com “impressão de material para educar, informar ou orientar a população sobre atividades parlamentares”.

Os valores do ressarcimento e da multa serão definidos no momento em que for publicada a liquidação da sentença.

O deputado ainda pode recorrer da decisão. Procurado pela reportagem, Jonas Guimarães preferiu não se manifestar.

Colaboração MP-PR