Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Prefeitura decreta luto oficial pelo falecimento do ex-presidente da Câmara Edgard Pilati

23 de abril de 2019 às 14:01
O prefeito de Prudentópolis lamentou a perda e lembrou da importância que o ex-vereador deu à cidade no decorrer de sua vida como cidadão e homem público.

O prefeito Adelmo Luiz Klosowski, decretou luto oficial por três dias devido ao falecimento do ex-presidente da câmara municipal e vereador Edgard Pilati.

O prefeito de Prudentópolis lamentou a perda e lembrou da importância que o ex-vereador deu à cidade no decorrer de sua vida como cidadão e homem público.

 

Pessoa amplamente relacionada na comunidade local e regional, se destacou como proprietário da tradicional Farmácia São João, na Rua Ozório Guimarães, estabelecimento que se tornou referência no ramo farmacêutico como um dos mais tradicionais da cidade.

Inclusive, seu avô já atuava no ramo da homeopatia, na região de Linha Manduri, há muitos anos, fazendo atendimento aos que o procuravam. Iniciou suas atividades no ramo farmacêutico, trabalhando por muitos anos com o farmacêutico João Olímpio Pacheco, passando, mais tarde, ao seu próprio negócio.

Na área social sempre se destacou por estar participando de inúmeros segmentos locais, estando na coordenação de várias instituições locais.

Dentre as funções que desempenhou está a Presidência do extinto Clube Social XII de Agosto; do Rotary Clube de Prudentópolis; da Presidência do Sindicato Rural de Prudentópolis, por dois mandatos, sendo que atualmente ainda ocupava a função de tesoureiro; participou da diretoria do Núcleo de Criadores de Ovinos de Prudentópolis; dentre outros.

Sempre foi ativo participante dos movimentos políticos locais, sendo presidente e membro dos diretórios do PMDB e PSDB de nossa cidade, entre 1980 e 1996.

Sua primeira participação nos meios políticos de Prudentópolis se deu na eleição municipal de 1982, quando se lançou candidato a vice-prefeito de Markiano Antonio, pelo PMDB, quando alcançaram 3.252 votos, sendo derrotados por Gilberto Agibert Filho, também pelo PMDB, que alcançou 4.622 votos.

Nas eleições municipais de 1992 saiu como candidato a vereador, se elegendo com 440 votos, pelo Partido da Social Democracia Brasileira.

Foi eleito Presidente da Câmara Municipal de Prudentópolis por unanimidade, para o biênio 1993/1994.