Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Prefeitura de Prudentópolis realiza ação de sensibilização, prevenção e combate ao trabalho infantil

24 de junho de 2019 às 20:05
O objetivo da ação tinha dupla finalidade: chamar a atenção para a importância de se denunciar o trabalho infantil e a violência sexual, além de trabalhar na divulgação dos canais, a exemplo do disque 📞100, órgãos de defesa como o Conselho Tutelar e o Ministério Público, e de serviço como o CREAS.

A Prefeitura, por meio de parceria entre a Secretaria de Assistência Social (via CREAS), a Secretaria de Educação e a Comissão do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), realizou nos dias 12, 18 e 19/06, uma dupla ação de sensibilização, prevenção e combate ao trabalho infantil, por meio da campanha “Criança não deve trabalhar, infância é para sonhar”,e, contra o abuso e a exploração sexual, cujo o slogan da campanha foi intitulado de “Faça Bonito”.

O objetivo da ação tinha dupla finalidade: chamar a atenção para a importância de se denunciar o trabalho infantil e a violência sexual, além de trabalhar na divulgação dos canais, a exemplo do disque 📞100, órgãos de defesa como o Conselho Tutelar e o Ministério Público, e de serviço como o CREAS.

A ação foi realizada no Cinema.com, em seis sessões, teve como público alvo os alunos da rede municipal de ensino, do 4º e 5º anos, tendo sido contabilizada a participação de mil e cem alunos (1.100), de trinta e oito escolas do município: onze (11) do Centro e vinte e sete (27) do Campo.

Durante os três dias foram exibidos a curta metragem “História de Marquinhos,” produzido pela Escola do Campo de Jesuíno Marcondes, e o vídeo clip musical da Escola Coronel José Durski, ambos com foco na campanha de combate ao trabalho infantil. Também foram exibidos uma curta metragem e um vídeo clip musical (reprodução da canção “O Seu Corpo é um Tesourinho”) com foco na campanha de combate ao abuso e à exploração sexual infantil – realizados pelo SOS, PROAM e Semear, em parceria com a Secretaria de Assistência Social.

Além da exibição dos vídeos, as equipes técnicas das Secretarias envolvidas, informaram e orientaram o público presente, por meio de um “bate papo”, como identificar e denunciar esses crimes. Todos os mil e cem alunos foram recepcionados com pipoca e suco!