Leituristas da Sanepar sofrem ataques graves de cães

4 de julho de 2019 às 19:52

Os ataques de cães aos profissionais que fazem a medição do consumo de água nas casas, além de afastar o leiturista do trabalho, podem também prejudicar o morador que não terá a leitura do hidrômetro realizada. Desde o início deste ano, apenas em Foz do Iguaçu e região, cinco profissionais foram mordidos por cachorros e tiveram ferimentos graves. O problema atinge diretamente os leituristas que percorrem todos os dias quilômetros a pé.

Para conscientizar os donos de animais e tentar impedir acidentes, empregados da Sanepar irão percorrer os locais onde há mais registros de cães soltos na rua e em que ocorreram os acidentes para esclarecer sobre as alternativas que podem ser adotadas. Uma das soluções é o deslocamento do hidrômetro, que normalmente fica dentro do imóvel, para a calçada. Neste caso, o aparelho fica dentro de uma caixa especial, o que permite a leitura sem necessidade de entrar no imóvel.

Outra opção é prender o animal, mesmo que seja dentro do pátio, no dia em que o agente da Sanepar fará a leitura do hidrômetro. A data da leitura está na fatura de água.

A leitura pela média não registra o volume consumido e, em caso de vazamento ou excesso de consumo, o morador só vai perceber quando for feita uma nova leitura e o registro do consumo correto, o que pode causar prejuízo financeiro ao morador.

RISCOS – Em junho, foi registrado em Foz um caso grave de ataque. Mesmo preso dentro do imóvel, o cachorro conseguiu atacar o leiturista Saimon Marcos Pereira por uma brecha no muro. O profissional foi atingido no rosto e levou 12 pontos. Todos os leituristas devem tomar a vacina antirrábica.

A Sanepar considera que estes animais estão protegendo o território, mas seus donos devem cuidar para que eles não prejudiquem a atividade de leitura, nem a integridade física das pessoas. Os profissionais da companhia recebem treinamento periodicamente para saber como lidar com estes cães. No início de julho, a Polícia Militar ministrou treinamento para toda a equipe dos agentes de leitura.

 

Prudentópolis
24º
Parcialmente nublado
Ponta Grossa
23º
Parcialmente nublado
Guarapuava
19º
Tempo limpo
Curitiba
22º
Tempo limpo
Londrina
28º
Tempo limpo
União da Vitória
23º
Tempo limpo
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Daniel Germano Pesck aos 82 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Maria Fiuza Ribeiro
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Sr. Lademiro Petriw, popularmente conhecido como “Ladio”.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Antenor Marconato aos 71 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sr. Ilor Vicente Pontarolo.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento da Sra Adelaide Woicik  Stasiu aos 80 anos de idade.
  • Connect Week discute uso da inovação para uma agricultura mais sustentável
  • Paraná populariza inovação no Connect Week com anúncio de investimentos e projetos
  • Ranking destaca ações sustentáveis das universidades estaduais; UEL lidera no Paraná
  • IAT fiscaliza pesca irregular e fecha cativeiro de aves no Centro-Oeste do Estado
  • Fomento Paraná e BDMG firmam acordo de cooperação técnica
  • Na data de hoje dia 21/06 o prefeito Osnei Stadler, recebeu cerca de 150 alunos da Escola Municipal Marcos Antoniu, a primeira escola do município a oferecer ensino em tempo integral.