Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Homem que sofreu tentativa de homicídio em Prudentópolis, foi morto na tarde de ontem (27), em União da Vitória

28 de julho de 2019 às 09:37
Policia descobriu que haveria julgamento do

Foto: Reprodução Facebook

A tarde de sábado, dia 27 de julho, na cidade de União da Vitória, foi marcada por uma ação comandada por uma facção criminosa que pretendia matar um homem de aproximadamente 30 anos de idade.

O fato mobilizou equipes policiais e trouxe à tona mais claramente a atuação da facção na região. A reportagem de um portal de União da Vitória levantou informações sobre toda a ocorrência que terminou com seis homens presos, sendo confirmado que pelo menos cinco fazem parte do Primeiro Comando da Capital – PCC.

A situação

Conforme informações, a vítima teria envolvimento com a facção e por problemas internos, passou por julgamento por ordem da liderança. Ele foi levado até uma estrada entre as cidades de União da Vitória e Paula Freitas, em área rural, onde passou por procedimentos de execução.

O que o grupo não espera na realização do ato, era ser surpreendido pela Polícia Militar de União da vitória que chegou a tempo de impedir a fuga dos elementos e de socorrer a vítima.

A vitima

A imprensa local noticiou a morte do homem logo depois que ele deu entrada no hospital. Ele chegou ao hospital Regional, em estado considerado gravíssimo, com ferimentos na cabeça, causados por pelo menos quatro tiros, não resistiu e acabou entrando em óbito. Ele foi identificado como Diego Pereira Bernandes, de 29 anos, o qual é natural da região de Guarapuava/PR, mas residia em União da Vitória. O homem tinha antecedentes criminais e sua cônjuge também já teve problemas com a justiça, inclusive já foi presa, ambos sofreram um atentado à poucos dias em Prudentópolis, onde residiam na época.

Local do crime

Os elementos escolheram um local deserto para realizar o ato de execução. Eles pegaram a vítima e levaram à força até a estrada que liga União da Vitória e Paula Freitas, próximo ao Terminal de Calcário. Lá pretendiam assassinar a vítima e desovar o corpo.

Quem estava na execução

A Polícia confirmou que pelo menos quatro homens que são membros da facção criminosa participaram do ato. Eles utilizaram uma arma de fogo para cometer o crime e não conseguiram fugir, sendo detidos ainda no local. Um carro GM/Corsa de cor verde, com placas de União da Vitória/PR, foi apreendido, assim como dinheiro, computador e aparelhos celulares.

Dois homens foram presos fora do local do crime

Ao impedir a fuga dos quatro elementos, a Polícia levantou a informação sobre um quinto membro da facção criminosa. De posse das informações, foi realizadas diligências e localizado o suspeito que recebeu voz de prisão. Um sexto elemento também foi abordado e depois de consulta foi constatado um mandado de prisão contra ele que também foi conduzido para a delegacia. Será verificado se este homem com mandado de prisão pertence à facção ou não.

Membros da facção são todos de União da Vitória

O crime trouxe à tona mais claramente, a atuação da facção criminosa na região. De acordo com informações levantadas pela reportagem do Canal 4 TV, os cinco membros confirmados da facção criminosa são da cidade de União da Vitória.

A informação que chegou para a reportagem que entre os detidos que foram encaminhados para a 4ª SDP, estaria um dos comandantes do grupo aqui na região. Os homens presos foram identificados pelas iniciais “S. D. F.”, “A. K.”, “L. G.” “L. C. C.”, “S. C.” e “R. F. S.”.

Fonte: Canal 4 TV Web