Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Lago municipal será denominado de João Maria Penteado

29 de julho de 2019 às 13:23
De acordo com o prefeito Adelmo Luiz Klosowski, o homenageado foi exemplar marido, pai, chefe de família, extraordinário cidadão prudentopolitano, cuja vida sempre foi pautada pela ética, respeito ao próximo, com relevante trabalho social e humanitário, em prol dos mais necessitados, destacando-se no setor empresarial, no ramo de madeireira e olaria, onde contribuiu sobremaneira para o desenvolvimento local.

A Administração Municipal de Prudentópolis encaminhou à elevada apreciação do Poder Legislativo, o incluso Projeto de lei que dispõe sobre a denominação do Parque do Lago Municipal, espaço público destinado a lazer e recreação, localizado nesta Cidade de frente para a Rua Quintino Bocaiúva.

O objetivo desta proposta é reverenciar a memória de JOÃO MARIA PENTEADO, falecido nesta Cidade em data de 15 de Agosto de 2013, com idade de 78 (setenta e oito) anos, cuja família antigamente era proprietária da maior parte da área onde se encontra o Lago Municipal e a própria Vila da Luz.

De acordo com o prefeito Adelmo Luiz Klosowski, o homenageado foi exemplar marido, pai, chefe de família, extraordinário cidadão prudentopolitano, cuja vida sempre foi pautada pela ética, respeito ao próximo, com relevante trabalho social e humanitário, em prol dos mais necessitados, destacando-se no setor empresarial, no ramo de madeireira e olaria, onde contribuiu sobremaneira para o desenvolvimento local.

Dados biográficos de João Maria Penteado

João Maria Penteado, nasceu em 15 de fevereiro de 1935, no distrito de Apiaba, município de Imbituva, Estado do Paraná, sendo o terceiro filho do casal América Gaspar Penteado e Antônio  da Rocha Penteado. Teve por avós paternos João de Oliveira Penteado e Pureza da Rocha e , por avós maternos, Manoel Gaspar de Paula e Maria Eugênia Rodrigues.

Com a morte da mãe poucos dias após o parto, ficou sob os cuidados da tia Maria Olinda Luiz de Oliveira, irmã da mãe e esposa de Domingos Luiz de Oliveira, também residente, na época, no distrito de Apiaba, em Imbituva. Naquele tempo, Domingos Luiz e Antonio Penteado eram sócios em madeireira instalada na região.

Ainda na infância, permanecendo sob os cuidados dos tios Domingos Luiz e Maria Olinda, a família mudou-se para Prudentópolis. Na localidade de Saltinho, Domingos Luiz instalou uma olaria, passando a fabricar telhas e tijolos. Pouco mais tarde instalou-se na sede do município  de Prudentópolis, diversificando e ampliando as atividades mercantis.

Na infância, fez o curso primário no então denominado Grupo Escolar Barão de Capanema. Mais tarde, cursou por dois anos o ginásio no Colégio Imaculada Virgem Maria, em Prudentópolis. Também em Prudentópolis, concluiu a formação de contabilista na Escola Técnica de Comércio Estadual, em 1957.

Casou-se em 15 de dezembro de 1956, com Irene Wowk Penteado. Teve três filhos: João Maria Wowk Penteado Junior, nascido em 29 de outubro de 1957; Luiz Fernando Wowk Penteado, nascido em 19 de julho de 1959; e Luiz Marcio Wowk Penteado, nascido em 19 de outubro de 1961.

João Maria Penteado veio a óbito, nesta cidade, em data de 15/08/2013, com a idade de 78 anos, vítima de acidente vascular encefálico, tendo sido sepultado no cemitério público municipal desta cidade.