Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Coritiba vence o Botafogo-SP e entra no G4 da Série B

30 de julho de 2019 às 09:22
Na próxima rodada, o Coritiba enfrenta o Sport, quinta-feira, na Arena de Pernambuco. Já o Botafogo-SP tem pela frente o Oeste, sexta-feira, no Estádio Santa Cruz.

Foto: Divulgação CFC

Em um duelo bastante disputado no Couto Pereira, o Coritiba venceu o Botafogo por 3 a 2 e finalmente entrou no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Coxa chegou aos 22 pontos, assumindo temporariamente a segunda colocação. Já a equipe paulista é a sexta colocada, com 20 pontos.

O Alviverde precisou de 11 minutos para abrir a contagem, com Sabino, que aproveitou cobrança de escanteio para desviar e balançar a rede. Robson ampliou, aos 13 minutos. Nadson descontou, aos 31 minutos, com um chute de longe. Murilo Henrique empatou, aos 43 minutos. Depois do intervalo, Juan Alano fez o terceiro dos donos da casa.

Na próxima rodada, o Coritiba enfrenta o Sport, quinta-feira, na Arena de Pernambuco. Já o Botafogo-SP tem pela frente o Oeste, sexta-feira, no Estádio Santa Cruz.

O jogo – O Coxa começou a partida tentando impor seu ritmo para evitar qualquer surpresa nos primeiras minutos. Aos três minutos, Robson recebe bom lançamento, tirou a defesa e chutou para defesa de Darley. Aos sete minutos, foi a vez de Giovanni cruzar fechado para Luiz Otávio quase empurrar para dentro da própria meta. A Pantera estava acuada em campo.

A pressão era forte, até que, aos 11 minutos, após cobrança de escanteio, o zagueiro Sabino apareceu na pequena área para se jogar na bola, tirar do goleiro e abrir o placar. O time da casa mostrava intensidade que faltava nas últimas partidas. Aos 13 minutos, Rodrigão girou o corpo e serviu Robson, que apareceu na cara do gol para tocar e marcar o segundo. O Botafogo chegou pela primeira vez aos 16 minutos, em cobrança de falta de Nadosn, que Luiz Otávio desviou para Rodrigão tirar no caminho da rede.

Depois dos dois gols o ritmo caiu um pouco e a disputa ficou mais equilibrada. Aos 28 minutos, Henan foi acionado e Muralha saiu do gol para dividir. A resposta veio com Thiago Lopes, que recebeu na ponta direita e soltou o pé para acertar a rede, mas pelo lado de fora. A Pantera descontou aos 31 minutos, com Nadson, que acertou um petardo, de longe. Muralha se redimiu do gol tomado aos 40 minutos, voando para defender cobrança e falta de Murilo Henrique. Mas, aos 43 minutos, Murilo pegou sobra de bola na área, empurrou para rede e empatou.

Para a etapa final, o Coritiba retornou com Diogo Mateus no lugar de Fellipe Mattioni. Já pelo Botafogo, Erick entrou no lugar de Felipe Saraiva. O Alviverde voltou ligado, buscando o terceiro gol. Aos oito minutos, Juan Alano tabelou com Rodrigão, recebeu na área, tirou do goleiro e mandou para o fundo da rede. Rodrigão partiu para a jogada individual, aos 15 minutos, e foi travado no último drible.

Thiago Lopes chegou a marcar mais uma para a equipe coxa-branca, aos 18 minutos, mas a arbitragem anulou para anotar um impedimento polêmico. Aos 21 minutos, Pará fez o cruzamento, Muralha tocou na bola e na sequência, ninguém completou. Aos 29 minutos, novo levantamento de Para, na cabeça de Luiz Otávio, que parou em Muralha. Mais recuado, o Alviverde se defendia bem para segurar o resultado. Aos 42 minutos, Diogo Mateus cruzou fechado e Darley interceptou.

CORITIBA 3 X 2 BOTAFOGO-SP

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 29 de Julho de 2019, segunda-feira
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: Luiz César de O. Magalhães (CE)
Assistentes: Nailton Jr. de Sousa Oliveira (CE) e Jailson Albano da Silva (CE)
Cartões amarelos: Giovanni, Igor Jesus, Robson e Muralha (Coritiba); Luiz Otávio, Lucas e Bruno José (Botafogo)

Gols
CORITIBA: Sabino, aos 11 minutos, e Robson, aos 13 minutos do primeiro tempo; Juan Alano, aos 08 minutos do segundo tempo
BOTAFOGO-SP: Nadson, aos 31 minutos e Murilo, aos 43 minutos do primeiro tempo

CORITIBA: Alex Muralha; Felipe Mattioni (Diogo Mateus), Walisson Maia, Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Giovanni (Vitor Carvalho) e Juan Alano; Thiago Lopes, Robson e Rodrigão (Igor Jesus).
Técnico: Umberto Louzer

BOTAFOGO-SP: Darley; Lucas Mendes, Didi, Luiz Otávio e Vinícius Freitas; Higor Meritão, Nadson (Bruno José) e Willian Oliveira (Pablo); Murilo Henrique, Felipe Saraiva (Erick) e Henan.
Técnico: Roberto Cavalo

Fonte: Gazeta Esportiva