Setembro Amarelo tem foco na prevenção do suicídio entre os jovens

3 de setembro de 2019 às 11:21

 

Setembro é o mês de conscientização sobre a importância da prevenção do suicídio e, neste ano, a Campanha Nacional, que marca as ações sobre o tema, enfatiza a necessidade de atenção especial com o bem-estar e a saúde mental das crianças e dos adolescentes.

“É importante que a gente dialogo sobre o assunto, porque muita vezes com a orientação, apoio e compressão de uma situação ou problema, conseguimos preservar vidas. Por isso, o cuidado com a saúde mental é fundamental e temos que multiplicar a informação”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

A Divisão de Saúde Mental da Secretaria de Estado da Saúde elaborou, em parceria com a Escola de Saúde Pública do Paraná, e com o médico especialista na área Neury Botega, o Curso de Prevenção do Suicídio, na Modalidade Ensino à Distância. O curso, com duração de 65 horas, está disponibilizado para todo o Brasil com apoio do Ministério da Saúde.

Atualmente tem 8.597 inscritos no Paraná e no Brasil são mais de 36 mil, sendo um dos cursos mais procurados pelos profissionais que atuam na área. O curso é aberto a todos que tenham interesse pelo assunto.

A Secretaria da Saúde do Paraná (Sesa) alerta sobre a questão: de acordo com a Organização Mundial da Saúde, o suicídio é a quarta principal causa de morte entre jovens com idade entre 15 a 29 anos.

O Paraná registrou 225 casos de suicídios nesta faixa etária em 2018; 54 jovens tinham idade entre 15 a 19 anos, e 171 entre 20 a 29 anos.

A Semana Estadual de Valorização da Vida e Prevenção do Suicídio foi instituída pela lei nº 18.871, de 2016, com ênfase para a data de 10 de setembro, que é o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio.

“A proposta do Setembro Amarelo é debater o assunto inteirando a população e os profissionais da saúde para que reconheçam os sinais de risco e possam auxiliar no tratamento já que os suicídios podem ser evitados se identificados em tempo prévio”, afirma a coordenadora da Divisão de Saúde Mental da Sesa, Larissa Yamaguchi.

A Secretaria Estadual, por meio das 22 Regionais de Saúde, distribuirá material informativo sobre medidas preventivas. As Regionais de Saúde, que atuam em todos os municípios, também farão ações de mobilização sobre o assunto.

Dados – Pesquisa mais recente do Ministério da Saúde, de 2016, registra 11.433 mortes por suicídio no país, em média, um caso a cada 46 minutos. O número representa um crescimento de 2,3% em relação ao ano de 2015, quando 11.178 pessoas tiraram a própria vida.

O aumento do suicídio entre os jovens é um fenômeno mundial que vem causando grande preocupação. “Ainda precisamos desmistificar as doenças mentais e disseminar informações sobre depressão, ansiedade e cuidados preventivos com a saúde mental. Todos os sinais de transtorno mental, como mudança repentina de comportamento, oscilação de humor, isolamento, uso de álcool e droga, impulsividade e interesse por situações de risco, casos extremos de irritabilidade, verbalização de ameaça de suicídio, entre outros, devem ser observados com atenção e seriedade, com a busca urgente de tratamento clínico. As Unidades Básicas de Saúde prestam este atendimento e encaminham para o tratamento especializado”, complementa a psicóloga técnica da Divisão de Saúde Mental, Flávia Figel.

 

 

Ligação gratuita – A Sesa destaca ainda que o Centro de Valorização da Vida (CVV) atua na prevenção ao suicídio por meio de apoio emocional às pessoas em situação de risco. O CVV tem uma rede de voluntários treinados adequadamente e pelo número 188 estão à disposição de pessoas que querem e precisam conversar. As ligações são gratuitas e sigilosas.

 

Prudentópolis
14º
Parcialmente nublado
Ponta Grossa
15º
Parcialmente nublado
Guarapuava
14º
Parcialmente nublado
Curitiba
17º
Parcialmente nublado
Londrina
23º
Tempo limpo
União da Vitória
14º
Parcialmente nublado
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sr. Ilor Vicente Pontarolo.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento da Sra Adelaide Woicik  Stasiu aos 80 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Otávio Swaretz aos 58 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento da Sra. Ana Dobrowolski Kaminski.
  • É com pesar que a Funerária Anjo Gabriel e o PAF comunicam o Falecimento do SR. João Novakoski aos 81 anos.
  • É com pesar que a Funerária São João e o plano UNIPAZ comunicam o falecimento do Sr. João Grescyczyn. Ocorrido hoje, aos 89 anos de idade.
  • Evento ”Programa Mulher Segura” será realizado em Prudentópolis nesta quinta-feira (20).
  • Pesquisa vai identificar preferências do paranaense no turismo da Mata Atlântica
  • IAT apresenta ao setor produtivo adequações na regulamentação da suinocultura
  • UEM investe em software para detectar e inibir plágio acadêmico nos trabalhos
  • Porto de Paranaguá é a principal estrutura de escoamento das exportações paranaenses
  • Agepar abrirá nova consulta pública sobre revisão tarifária do saneamento básico