Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Dono da carga de cigarros contrabandeados oferece 50.000.00 mil reais aos policiais para liberarem a carga

10 de setembro de 2019 às 11:19
ofereceu a quantia de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) para que a equipe liberasse a carga e os envolvidos, sendo de imediato interrompido pela equipe policial a qual deu voz de prisão pelo crime de corrupção ativa

A equipe foi acionada via COPOM para verificar uma situação, onde um funcionário de empresa de rastreamento veicular relatou ter perdido contato com o motorista do veículo Scania 112 acoplado a um container e que a ultima localização apontada no sistema seria na região da Vila das Flores, diante destas informações a equipe realizou diligências a fim de localizar o veículo e possíveis autores do ilícito, quando na rua Lorena, foi visualizado pela equipe quatro barracões, sendo que em um deles, no acesso de veículos havia marcas de pneu de caminhão, a equipe avançou com a cautela que a situação exigia e ao aproximar-se da porta de acesso, foi percebido uma intença movimentação, sendo então visualizado por um fresto da porta entreaberta, uma carreta com as características compatíveis com as da solicitação, em ato contínuo a equipe adentrou ao barracão e surpreendeu dois indivíduos que estavam terminando de descarregar uma carga de cigarros contrabandeados da marca GIFT do veículo SCANIA 112 (chaves na ignição), havendo aproximadamente 900 caixas de cigarros da marca GIFT as quais já haviam sido retiradas do veículo e estavam depositadas no barracão e do outro lado, havia outra carga de cigarros contrabandeados da marca CLASSIC, somando aproximadamente 450 caixas, sendo percebido pela equipe que o veículo SCANIA 112 estava utilizando placas falsas, que o cavalo estava ostentando a placa falsa LYW-8227, que a carreta estava ostentando a placa falsa MDN-7124 e as placas verdadeiras dos veículos, sendo AAB-5G49 que equipava o cavalo de força e CVN-1162 que equipava a carreta, estavam jogadas no barracão, ressalta-se que no sistema SESP/INTRANET não constou no momento da pesquisa, alerta de furto ou roubo para o veículo em questão, em ato contínuo a equipe repassou toda a situação para o COPOM e comandante da 4° Cia o senhor 1° Ten Walla, tendo como resposta o acionamento da equipe ROTAM para prestar apoio a equipe no atendimento e condução da ocorrência, haja visto nas imediações um veículo GM Corsa de cor prata passar nas proximidades em atitude suspeita, entretanto, enquanto a equipe aguardava o apoio, compareceu no local da ocorrência um senhor conduzindo uma motocicleta a qual possuí pendencias administrativas, sendo recolhido ao pátio da 97° Ciretran, bem como elaborado as devidas notificações, em abordagem foi localizado com o condutor da motocicleta as chaves do barracão e entre outros objetos descritos no ROD, não obstante o senhor C se dirigiu a equipe dizendo que: “não estou fazendo mal a ninguém, vocês podem sair daqui ricos, todo mundo pode se ajudar” e seguiu com suas técnicas de persuasão, até o momento em que ofereceu a quantia de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) para que a equipe liberasse a carga e os envolvidos, sendo de imediato interrompido pela equipe policial a qual deu voz de prisão pelo crime de corrupção ativa, além dos demais crimes que o mesmo já havia incorrido, em ato contínuo, compareceu no local a equipe ROTAM e o comandante da 4° Cia, auxiliando no transbordo da carga do barracão, para o caminhão Scania 112 para fins de entrega a Receita Federal, seguindo orientação do delegado de plantão da policia federal de Guarapuava-Pr, permanecendo o cigarro contrabandeado e o veículo sob os cuidados da equipe ROTAM