Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Jorginho é o novo técnico do Coritiba

23 de setembro de 2019 às 10:56
Treinador e clube finalizaram os detalhes na manhã dessa segunda-feira. Ele deve se apresentar ao Alviverde para assinar o contrato

Foto: Álvaro Jr/ PontePress

O Coritiba acertou a contratação de Jorginho como novo técnico para a sequência da Série B do Brasileiro. As negociações avançaram no domingo, e o treinador e o clube acertaram os últimos detalhes na manhã dessa segunda-feira, e ele treinador chega a Curitiba nas próximas horas para assinar contrato com o clube.

Com 55 anos, Jorginho será o terceiro técnico do Alviverde nesta temporada. Ele substitui Umberto Louzer, demitido no sábado, após a derrota para o CRB, no Couto Pereira.

A estreia de Jorginho no Coritiba deve ocorrer no sábado, contra o América-MG, no Couto Pereira, pela 25ª rodada da Série B. O último clube dirigido pelo treinador foi a Ponte Preta, ficando na equipe campineira entre fevereiro e o fim de agosto, quando foi demitido.

Jorginho era o nome do G5 do Coritiba, especialmente de Jorge Durao. Lisca também foi procurado, Pastana queria uma chance para Mozart, mas a diretoria optou em trazer Jorginho.

Nessa segunda-feira, o treinador aceitou as condições do Coritiba sobre trazer um preparador físico e a negociação foi concretizada. Com passagens por Ponte Preta, Goiás, Flamengo, Vasco, Ceará e Bahia, o ex auxiliar de Dunga, na seleção brasileira, chega com o objetivo de comandar o Coritiba rumo a volta a Série A do Brasileiro.

Ex-lateral, ele começou como treinador em 2005, no América-RJ, clube que levou ao vice-campeonato carioca da temporada seguinte. Foi auxiliar de Dunga na Seleção Brasileira, de 2006 até a Copa do Mundo de 2010, e retomou a carreira solo em seguida.

De 2010 até agora, Jorginho dirigiu Goiás, Figueirense, Kashima Antlers (Japão), Flamengo, Al Wasl (Emirados Árabes Unidos), Vasco (duas vezes), Bahia e Ceará, além da Ponte Preta.

O novo técnico terá a missão de fazer o Coritiba reagir na Série B. O Alviverde vem de seis jogos sem vencer na competição, sendo quatro derrotas consecutivas. A sequência negativa fez o time cair da vice-liderança para a oitava posição na classificação.

Fonte: GE