Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Sicredi Centro Sul chegará à Inácio Martins com um novo modelo de negócios

17 de outubro de 2019 às 14:34
O objetivo de ser uma agência Smart é promover mais acesso à todas as soluções financeiras, como conta corrente, crédito geral e agrícola, investimentos, seguros, consócios, cartões de crédito e depósito de cheques, sem movimentar nem um centavo em espécie na agência física

Na próxima segunda-feira, 21, a Sicredi Centro Sul irá inaugurar uma nova agência no município de Inácio Martins, será a primeira agência Smart da cooperativa e irá atender à população que hoje é de aproximadamente 11 mil pessoas.

O objetivo de ser uma agência Smart é promover mais acesso à todas as soluções financeiras, como conta corrente, crédito geral e agrícola, investimentos, seguros, consócios, cartões de crédito e depósito de cheques, sem movimentar nem um centavo em espécie na agência física. O pagamento de contas e transferências, por sua vez, são feitos no ambiente online, por meio do internet banking e do aplicativo do Sicredi. Quem precisar de auxílio, vai contar com um terminal digital na agência e com a orientação dos colaboradores.

As diferenças não param por aí, todos os associados irão contar com cartões de crédito Visa ou Mastercard sem anuidade e tanto as empresas como os profissionais autônomos associados contarão com a máquina de cartões sem mensalidade. Segundo o diretor executivo, Helton Cesar Kolecha, além de estarmos mais próximos dos associados ofertando soluções adequadas ao seu momento financeiro “queremos fechar o ciclo do dinheiro, possibilitando que a população possa receber seu salário/receitas e pagar suas contas pessoais de forma simples, rápida e segura, sem precisar das notas de papel”, explica. 

Como relata o Presidente, Santo Cappellari, esse é um novo momento para a cooperativa. “Se formos assertivos, se a comunidade comprar a ideia e esse modelo der realmente certo, poderemos levar o Sicredi para vários outros municípios e assim somar forças para o desenvolvimento local”

A instalação da agência deu-se devido a um grande envolvimento da comunidade, através de suas instituições, e devido ao modelo Smart. Sem movimentação de dinheiro em espécie os custos de operacionalização da agência diminuem consideravelmente o que torna o projeto viável em municípios menores. Para o gerente da agência, Norton Sar, “Com as facilidades tecnológicas para pagamentos e recebimentos, nossa equipe estará voltada em atender as outras demandas da população como o crédito, por exemplo, valorizando sempre a qualidade no atendimento e o relacionamento próximo com a comunidade”.

Além disso, haverá wi-fi à disposição dos associados e poupadores no interior da agência. As movimentações financeiras em espécie poderão ser feitas nos agentes credenciados, ou nas agências das cidades próximas.

De onde surgiu o conceito?

Tanto na China, quanto na Índia algumas cidades já vivenciam o conceito cashless cities (cidades sem dinheiro, em tradução livre) com muito sucesso. No Brasil, a primeira agência Smart, seguindo esse mesmo conceito, foi instalada há pouco mais de um ano pelo Sicredi no município de Cafeara(PR) e, embora também seja considerada um projeto piloto, também já tem apresentado grande sucesso na cidade e repercutindo positivamente no mundo, tanto que a ONU (organização das Nações Unidas) convidou a Sicredi União, responsável pela implantação da agência, a apresentar o case num evento organizado em Nova York, no último mês de julho.