Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Prudentopolitana conquista hexacampeonato paulista de futsal feminino

7 de dezembro de 2019 às 11:54
Angela Guimarães atua equipe que tem apelido de

Foto: Redes Sociais

A Máquina Amarela brilhou mais uma vez e encerrou o ano com a conquista do hexacampeonato paulista ao empatar por 2 a 2, no domingo (1º) à tarde, com o Taboão Futsal, na casa do adversário. Com a vitória, o São José Futsal Feminino se firma como uma das duas maiores forças da modalidade no Brasil.

O título paulista de 2019 foi valorizado pela equipe do Taboão, campeã da Copa do Brasil deste ano e do Paulista de 2018. Não fosse esse título do Taboão, a Máquina poderia estar comemorando o heptacampeonato, pois tem sido campeã estadual consecutivamente desde 2013, ano em que a equipe adulta de futsal feminino foi formada em São José.

Jogo duro

Depois de vencer o primeiro jogo das finais na quinta-feira (28) por 3 a 0, no ginásio do Tênis Clube, o São José viajou para Taboão da Serra –município da Região Metropolitana de São Paulo– podendo jogar por um empate. Derrota por qualquer placar levaria a decisão para uma prorrogação de 5 minutos e, persistindo o empate, cobrança de pênaltis.

Pela qualidade das adversárias, o jogo foi digno de uma final de Campeonato Paulista. O Taboão iniciou pressionando, por jogar em casa e também por precisar da vitória. As meninas do São José suportavam bem a carga sofrida até que, quase no final do primeiro tempo, sofreram o primeiro gol.

Atrás no placar, o técnico Marcos Derrico colocou a equipe no ataque, inclusive utilizando a goleiro linha. Foi em um desses momentos que saiu o gol de empate, restando 10 minutos para o final da partida, através de Simone.

O título parecia ganho com a igualdade no placar, mas novamente o Taboão passou à frente, fazendo 2 a 1 a 4 minutos do final. Mais uma vez, o São José foi obrigado a usar a goleiro linha, agora restando pouco tempo para uma reação. Graças à pressão joseense, o gol do título saiu a 2 minutos do término, novamente com Simone.

A partir daí, a Máquina Amarela passou a usar a posse de bola como recurso para chegar ao final da partida e ao hexacampeonato. E ainda teve a chance do terceiro gol, através de Letícia, que acertou a trave. Com o apito final e o empate por 2 a 2, começou a festa das meninas do São José, campeãs após uma campanha invicta. Foram 14 jogos, 11 vitórias e 3 empates, com 59 gols marcados e apenas 11 sofridos.

O futsal feminino é apoiado pela Prefeitura de São José dos Campos por meio da LIF (Lei de Incentivo Fiscal) e do Fadenp (Fundo de Apoio ao Desporto Não Profissional).

 

Angela Guimarães, que é natural de Prudentópolis, já atuou em equipes de renome no futsal paranaense e nacional, um dos exemplos é a equipe de Cianorte, que amanhã (08, domingo), vai disputar o titulo da Libertadores de Futsal Feminino, na cidade de Balneário Camboriú, em Santa Catarina. Angela antes de iniciar a carreira no futsal morava em Papanduva de Cima, interior do municipio.

Foto: Redes Sociais

Fonte: Assessoria Pref. São José dos Campos.