Jogos de Aventura e Natureza reuniram 20 mil atletas na primeira edição

10 de dezembro de 2019 às 13:49

Os Jogos de Aventura e Natureza encerram a primeira edição com um balanço positivo. Mais de 20 mil atletas participaram das competições, realizadas em 26 municípios de diversas regiões do Estado. Além disso, oficinas e cursos levaram esporte às comunidades e escolas locais atendendo mais de 90 mil pessoas.

“Começamos com o pé direito, foi um sucesso”, afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior, que concebeu o projeto. Ratinho Junior destaca que a iniciativa retrata a estratégia do Governo do Estado de, por meio do esporte, intensificar o turismo sustentável  e movimentar a economia do Estado.

“Nesta primeira edição todas as etapas foram muito boas. Cumprimos o objetivo de mexer com as regiões do Estado onde o turismo têm foco importante mas é pouco explorado e prestigiado”, disse ele. Os Jogos aconteceram no Litoral, nos municípios lindeiros ao lago de Itaipu (Oeste) e na região de Angra Doce (Norte Pioneiro)

O governador ressalta que no Litoral, por exemplo, os Jogos de Aventura e Natureza multiplicaram as reservas de restaurantes e hotéis locais. “A ideia é trazer turistas fora da época de veraneio e movimentar a economia local, gerar emprego e renda durante o ano todo”, afirma. “O calendário dos Jogos já está implantado e para as próximas edições vamos ampliar as cidades beneficiadas”

SHOWS E ESPETÁCULOS –  Atletas e demais participantes dos Jogos lotaram hotéis e restaurantes das cidades que receberam a competição. Na abertura de todas as etapas, shows musicais e espetáculos culturais atraíram milhares de pessoas.
Iniciados em agosto e encerrados em novembro, no Litoral, os Jogos de Aventura e Natureza envolveram 30 modalidades esportivas diferentes das tradicionais, disputadas em locais com pouco fluxo turístico durante o período dos jogos.

“Os Jogos de Aventura e Natureza se consolidaram como indutores do turismo pelo esporte, da forma projetada pelo governador Ratinho Junior”, afirma o superintendente do Esporte do Paraná, Helio Wirbiski.

Ele enfatiza que as parcerias foram fundamentais para o sucesso da competição. “As federações viram a seriedade do projeto, aderiram e se envolveram na organização. Os atletas também entenderam que a inclusão por meio do incentivo à prática esportiva é muito importante para o estado.

E as regiões perceberam que o esporte pode ajudar as cidades a ficarem conhecidas e a desenvolver o turismo, especialmente na baixa temporada. O objetivo foi alcançado”, afirma.

PARA 2020 – O êxito da competição chamou a atenção de várias cidades e estados. Helio Wirbiski salienta que a consolidação e o sucesso dos Jogos de Aventura e Natureza tornou o Paraná referência na organização e realização de uma competição nesses moldes.

“Fomos procurados por 39 municípios que querem ser sede das competições no ano que vem. Dois Estados se interessaram e entraram em contato para saber como tudo foi feito”, afirma.

MODALIDADES – Fazem parte dos Jogos as modalidades Aquatlon, balonismo, beach soccer, beach tênis, BMX, bodyboarding, canoa havaiana, canoagem de velocidade, canoagem slalom, cicloturismo, corrida de aventura, corrida de turismo, cross country, escalada, futebol, futevôlei, handbeach, jipe, mountain bike, parapente, paraquedismo, pesca esportiva, rally, rugby, skate, slackline, stand up paddle, surf, vela, vôlei de praia e wakeboard.

REGIÕES – Os Jogos aconteceram de 10 a 18 de agosto no Litoral (1ª etapa). Em seguida, foram para os municípios lindeiros ao Lago de Itaipu (de 7 a 15 de setembro e depois de 28 de setembro a 06 de outubro). Entre 19 e 27 de outubro os Jogos voltaram ao Litoral e se encerraram na etapa de Angra Doce, realizada de 23 de novembro a 01 dezembro.

No total, as cinco etapas contemplaram os municípios de Antonina, Carlópolis, Diamante D´oeste, Entre Rios, Foz do Iguaçu, Guaíra, Guaraqueçaba, Guratuba, Itaipulândia, Jacarezinho, Marechal Cândido Rondon, Matinhos, Medianeira, Mercedes, Missal, Morretes, Paranaguá, Pato Bragado, Pontal do Paraná, Ribeirão Claro, Salto do Itararé, Santa Helena, Santa Terezinha do Itaipu, São José das Palmeiras, São Miguel do Iguaçu, Siqueira Campos e Terra Roxa.

 

Prudentópolis
17º
Parcialmente nublado
Ponta Grossa
18º
Tempo nublado
Guarapuava
16º
Parcialmente nublado
Curitiba
18º
Tempo nublado
Londrina
24º
Tempo limpo
União da Vitória
18º
Tempo nublado
  • É com pesar que a Funerária São Lucas comunica o falecimento do Irmão Leonidas Antônio Voidelo
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel  comunica o falecimento da Sra Tolentina Gonçalves de Araújo aos 79 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel  comunica o falecimento do Sr Elias Ernani Parhuts aos 66 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sr. Nilton Boraiko Vieira. Ocorrido aos 44 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr João Silva de Oliveira aos 74 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Abel Zaias aos 70 anos de idade.
  • Genoma SUS recruta bolsistas nas áreas de ciência de dados e bioinformática
  • Economia Verde do Paraná alcança R$ 140 bilhões e já representa 32,9% do PIB
  • Em ação do MPPR em Castro, Judiciário determina que concessionária isente de pedágio pessoas em tratamento de saúde
  • Prefeitura de Guamiranga realiza cascalhamento em estradas rurais, beneficiando desta vez a comunidade de Àgua branca.
  • Fazenda e Receita alertam para envio de guias falsas de IPVA por e-mails e SMS
  • 12,8 mil estudantes de graduação da UEL devem realizar a renovação de matrículas para 2024