Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Homem é preso por conduzir veículo embriagado e por fornecer bebida alcoólica a adolescente.

11 de janeiro de 2020 às 09:03
DESTA FORMA, FOI DADO VOZ DE PRISÃO AO CONDUTOR POR CONDUZIR VEÍCULO SOB INFLUÊNCIA DE ÁLCOOL BEM COMO POR FORNECER BEBIDA ALCOÓLICA À ADOLESCENTE.

DURANTE PATRULHAMENTO, A EQUIPE POLICIAL MILITAR VISUALIZOU UM VEÍCULO VECTRA BRANCO TRANSITANDO PELA MESMA VIA COM VELOCIDADE VISIVELMENTE INCOMPATÍVEL E COM O EQUIPAMENTO DE SOM EM VOLUME EXTREMAMENTE ALTO (RESSALTA-SE QUE O ÁUDIO TRANSMITIDO PELO EQUIPAMENTO DO VEÍCULO TRATAVA-SE DE MÚSICAS DE APOLOGIA AO CRIME E COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO).

DIANTE DOS FATOS FOI REALIZADO ACOMPANHAMENTO E O VEÍCULO FOI ABORDADO APÓS ADENTRAR AO POSTO DE COMBUSTÍVEIS. SENDO ASSIM, FOI CONSTATADO QUE O VEÍCULO ERA OCUPADO POR QUATRO PESSOAS SENDO ELAS O MOTORISTA, A PASSAGEIRA DO BANCO DA FRENTE ADOLESCENTE E OS DOIS PASSAGEIROS DO BANCO DE TRÁS UM ADULTO E UMA ADOLESCENTE.

DESTARTE FOI REALIZADO BUSCA PESSOAL NOS INDIVÍDUOS MASCULINOS E NADA DE ILÍCITO FOI ENCONTRADO.

CONTUDO FOI CONSTATADO QUE O MOTORISTA, APRESENTAVA SINTOMAS DE EMBRIAGUES BEM COMO UMA ADOLESCENTE, A QUAL INFORMOU A EQUIPE POLICIAL QUE HAVIA INGERIDO BEBIDA ALCOÓLICA DO TIPO CERVEJA E QUE A REFERIDA BEBIDA FOI FORNECIDA PELO CONDUTOR. INDAGADO A ADOLESCENTE SOBRE INGESTÃO DE BEBIDA ALCOÓLICA A MESMA CONFIRMOU A VERSÃO DA ADOLESCENTE E INFORMOU QUE NÃO HAVIA BEBIDO.

FOI REALIZADO BUSCA VEICULAR E ENCONTRADO NO VEÍCULO DUAS GARRAFAS DE CERVEJA, SENDO UMA LACRADA E OUTRA PARCIALMENTE CONSUMIDA.

DESTA FORMA, FOI DADO VOZ DE PRISÃO AO CONDUTOR POR CONDUZIR VEÍCULO SOB INFLUÊNCIA DE ÁLCOOL BEM COMO POR FORNECER BEBIDA ALCOÓLICA À ADOLESCENTE, O QUAL FOI CONDUZIDO NO CAMBURÃO DA VIATURA TENDO EM VISTA SEU COMPORTAMENTO IRÔNICO E AGRESSIVO, PORÉM NÃO FOI NECESSÁRIO O USO DE ALGEMAS.

AS DUAS ADOLESCENTES FORAM CONDUZIDAS NO BANCO DE TRÁS DA VIATURA E OS RESPONSÁVEIS LEGAIS FORAM ACIONADOS. O VEÍCULO FOI APREENDIDO NO PÁTIO DA 4ª CIA POR MEDIDAS ADMINISTRATIVAS BEM COMO O EQUIPAMENTO DE SOM.

RESSALTA-SE QUE FOI OPORTUNIZADO AO SR. R. F. O APARELHO PARA REALIZAÇÃO DE EXAME ETILOMÉTRICO, PORÉM O MESMO NEGOU-SE A REALIZAR O TESTE.

UMA DAS ADOLESCENTES FOI LIBERADA AINDA NA 4ª CIA PARA A SUA GENITORA E A OUTRA ADOLESCENTE FOI ENCAMINHADA, JUNTAMENTE COM OS SEUS GENITORES ATÉ A DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL DE PRUDENTÓPOLIS.