Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Nos EUA, governador fala sobre oportunidades do Paraná

9 de março de 2020 às 17:57
Ratinho Junior fez apresentação na sessão de abertura do Seminário Empresarial Brasil-Estados Unidos, em Miami. Ele destacou que economia paranaense apresenta bons índices de crescimento e lembrou que o Paraná vai liderar a rodada de concessões de rodovias que está sendo elaborada em parceria com o governo federal.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior apresentou nesta segunda-feira (09) no Seminário Empresarial Brasil-Estados Unidos, em Miami (EUA), oportunidades de investimentos no Paraná e destacou o bom momento da economia paranaense. O encontro é promovido pela Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil).

Único governador a acompanhar a missão brasileira liderada pelo presidente Jair Bolsonaro, Ratinho Junior falou para cerca de 300 empresários brasileiros e norte-americanos e reforçou o cenário atrativo que faz do Estado um dos principais atores da economia nacional. Segundo ele, o Paraná oferece todas as condições para quem quer empreender e gerar emprego e renda.

O governador citou que o Paraná teve a maior produção industrial do País no ano passado, crescendo 5,7%, de acordo com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “É um momento muito positivo. Temos ótimas oportunidades de negócios para quem quer investir no Paraná e no Brasil”, afirmou o governador.

O índice da indústria, disse Ratinho Junior, teve reflexo também em outros setores, como o comércio. O comércio varejista ampliado cresceu 2,7% no Paraná em 2019, segundo a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) do IBGE. O índice foi puxado pelo crescimento das vendas de materiais de construção (9,8%), veículos, motos, partes e peças (8,7%) e itens de uso pessoal ou doméstico (15,2%).

INFRAESTRUTURA – Entre as oportunidades de negócios, Ratinho Junior lembrou que o Paraná terá o maior programa de concessões de rodovias na licitação que está sendo preparada em parceria com o governo federal. São 4,1 mil quilômetros. “É uma grande parceria do Estado com a União, uma nova modelagem de concessão baseada na transparência”, explicou.

O leilão deve ocorrer ainda neste ano, com as novas empresas assumindo as rodovias a partir de novembro de 2021. Segundo o Ministério da Infraestrutura, o novo pacote de concessões rodoviárias do Paraná deve receber R$ 100 bilhões em investimentos ao longo do prazo de contrato.

Além disso, o Estado terá quatro importantes aeroportos no programa federal de concessões – Afonso Pena, Bacacheri, Foz do Iguaçu e Londrina – , com foco na melhoria da estrutura aeroviária e também no incremento turístico. Ratinho Junior citou ainda que o Governo Estadual pretende estender o modelo de Parceria Público Privada (PPP’s) para outras áreas, como administração de hospitais e presídios.

O governador também destacou a qualidade da produção agropecuária paranaense, o cenário logístico e energético, com ênfase nos resultados positivos da Copel, Itaipu e empresas que operam com biogás. “O Paraná é um Estado repleto de oportunidades, em crescimento, que busca a inovação e modernidade como pilares da gestão pública”, destacou.

SEMINÁRIO – O Seminário Empresarial Brasil-Estados Unidos na Flórida, promovido pela Apex, reuniu cerca de 300 lideranças empresariais e formadores de opinião dos dois países. Os painéis trouxeram discussões sobre as perspectivas da economia brasileira e o novo ambiente de negócios do País, inovação e bioeconomia.

De acordo com a Apex, os Estados Unidos foram o segundo principal destino das exportações brasileiras no ano passado, com 13,2% de participação no total exportado pelo Brasil, atrás apenas da China (28,1%).

Em 2019, a corrente de comércio Brasil-Estados Unidos atingiu o valor de US$ 59,8 bilhões, com crescimento de 3,7% em relação ao ano anterior. Foram US$ 29,7 bilhões em exportações (3,55% a mais que em 2018) e US$ 30,09 bilhões em importações (3,8% a mais que em 2018).

MISSÃO – A passagem da missão brasileira pelos Estados Unidos termina nesta terça-feira (10). Além da ação com a Apex, a comitiva visitou o Comando Sul dos Estados Unidos, vinculado ao Departamento de Defesa, e se encontrou com a comunidade brasileira na Flórida. A comitiva irá ainda a Jacksonville, para uma visita à unidade da Embraer responsável pela montagem do A29 Super Tucano.