Covid-19: Imbituva tem novas confirmações e chega à 6 casos

13 de maio de 2020 às 17:37

Imagem: Prefeitura M. de Imbituva.

Em comunicado oficial feito pela secretaria de saúde do município, na tarde desta quarta (13), Imbituva apresenta 5 novos casos de coronavírus, juntando-se ao primeiro informado recentemente a cidade chega à 6 casos confirmados. Sendo também notificados duas novas suspeitas, tendo um total no momento de 18 suspeitas aguardando resultados de exames.

Dos menores município vizinhos à Prudentópolis, Imbituva é o que atualmente apresenta o maior número de casos. A prefeitura local ressaltou a importância da prevenção e reforçou que todos os casos confirmados tiveram a sua contraprova realizada.

 

Prudentópolis
11º
Chuva
Ponta Grossa
11º
Chuvas esparsas
Guarapuava
10º
Chuva
Curitiba
12º
Chuvas esparsas
Londrina
16º
Tempo nublado
União da Vitória
10º
Chuva
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento do Sr Jose Olovati aos 78 anos.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento da Sra Regina Lusia de Lima Vaz aos 64 anos
  • É com pesar que a funerária Anjo Gabriel e o PAF comunicam o falecimento da Sra Rosa da Costa aos 82 anos de idade
  • É com pesar que a Funerária Anjo Gabriel e o PAF, comunicam o falecimento do Sr. José Acir Zanlorenzi.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Maria Izabel de Lima
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Eliasa Ternowski.
  • Documentos descartados pela PCPR são reciclados e vão ajudar entidades assistenciais
  • Universidades estaduais do Paraná se destacam em ranking de publicações científicas
  • Com Investimento de R$ 23 milhões, Estado inicia obras de nova rodovia e viaduto em Irati
  • Novo investimento de R$ 40 milhões marca abertura da 50.ª edição da Expoleite
  • Boletim Agropecuário traz importação de pelos suínos e aumento dos produtos da pizza
  • Volume de vendas do comércio no Paraná cresce 4,5% nos 5 primeiros meses do ano