Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Bacil requer instalação de IML em Irati, assinado por mais 13 deputados

9 de junho de 2020 às 14:46
O requerimento é direcionado ao governador Carlos Massa Ratinho Júnior, Governador do Estado do Paraná e ao secretário de Segurança Pública do Estado do Paraná, Coronel Rômulo Marinho Soares. Datado de 8 de junho solicita a instalação de um IML regional para atendimento de Irati e região.

A carência na hora da dor aumenta quando de uma morte trágica ou casos de violência e abusos, para famílias da região de Irati. Além do município pólo, outros 12 sofrem pela ausência de um Instituto Médico Legal (IML). Requerimento do deputado Emerson Bacil (PSL), endossado pelo líder do governo Hussein Bakri (PSD), e assinado por vários parlamentares clama por solução.

O requerimento é direcionado ao governador Carlos Massa Ratinho Júnior, Governador do Estado do Paraná e ao secretário de Segurança Pública do Estado do Paraná, Coronel Rômulo Marinho Soares. Datado de 8 de junho solicita a instalação de um IML regional para atendimento de Irati e região.

“É eminente esta necessidade. Muitas famílias sofrem muito neste momento de dor. Além de perder um ente querido, tem de ir a Ponta Grossa para liberar o corpo”, observa Bacil.

“Isso acaba por gerar morosidade na liberação dos corpos, devido à distância a ser percorrida”, completa. Irati é sede da Associação dos Municípios da Região Centro Sul do Estado do Paraná (AMCESPAR) – fundada em 25 de março de 1983. A cidade pólo integra Inácio Martins, Ipiranga, Ivai, Mallet, Prudentópolis, Rebouças, Rio Azul, Teixeira Soares, Fernandes Pinheiro e Guamiranga.

A abrangência regional engloba uma área de 9.841.622 Km, com população que ultrapassa os 225.000 habitantes. Além disso, Irati é um dos maiores município da região sudeste do Paraná. Supera, inclusive, União da Vitória em número de habilitantes.

Cidade que tem IML para suprir a demanda regional. “Pedimos ao governador, pois a instalação vai agilizar atendimentos e amenizar o sofrimento de inúmeras famílias”, justifica o deputado.

O IML presta, ainda, outros serviços. Casos de lesão corporal e atos libidinosos (violência sexual), por exemplo. Bem como outros laudos técnicos para além de exames periciais e liberação de cadáveres.

Além do líder de governo, o requerimento foi assinado pelos deputados Delegado Jacovós, Mara Lima, Rodrigo Estacho, Soldado Fruet, Ricardo Arruda, Mabel Canto, Alexandre Amaro, Tercílio Turini, Alexandre Curi, Artagão Júnior, Cobra Repórter e Do Carmo.