Secretaria da Saúde alerta sobre importância do Teste do Pezinho

18 de junho de 2020 às 11:07

No Dia da Conscientização sobre a Doença Falciforme (teste do pezinho), celebrada nesta sexta-feira (19), a Secretaria de Estado da Saúde alerta sobre a importância deste teste, realizado no recém-nascido, ainda na maternidade.

“É feito gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde, e por meio de algumas gotas de sangue coletadas do pezinho do bebê são realizados de 6 até 11 exames de investigação para detecção da doença falciforme e de outras doenças crônicas e raras”, afirma o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

A Fundação Ecumênica de Proteção ao Excepcional (Fepe) é o centro de referência e a única instituição credenciada junto à Secretaria da Saúde para o teste. A Fepe mantém convênios com todas as secretarias municipais de saúde que somam 2.476 postos de coleta para os testes.

DADOS – Em 2019 foram feitos 172.477 testes no Paraná. Desde 1983, ano em que o teste começou a ser feito pela Fepe, foram triadas mais de 5.190.453 crianças em todo o Estado, tornando o programa de triagem neonatal paranaense modelo para o país.

Entre os principais indicadores do modelo estadual está o tempo médio decorrido entre a chegada da amostra de sangue ao laboratório e a emissão do resultado, que é de dois dias.

O Paraná participa do Programa Nacional de Triagem Neonatal, que além do Teste do Pezinho engloba outros serviços fundamentais para o tratamento, caso seja confirmada a doença, como procedimentos de avaliação diagnóstica, equipe especializada e multiprofissional, aconselhamento genético, monitoramento de pacientes e oferta de medicamentos.

A data foi criada pela Organização das Nações Unidas, em 2008, como forma de chamar a atenção para a doença que é genética, hereditária e caracterizada por alteração no sangue. Os glóbulos vermelhos se tornam rígidos, assumem formato de foice, dificultando a passagem de oxigênio para o cérebro, pulmões, rins e outros órgãos.

A enfermidade não tem cura e pode provocar o comprometimento das principais funções do organismo, caso o portador não receba a assistência adequada.

Entre as complicações da doença não tratada estão a anemia crônica, crises dolorosas associadas ou não a infecções, retardo do crescimento, infecções e infartos pulmonares, retardo no crescimento acidente vascular cerebral, inflamações e úlceras.

JUNHO – Além do Dia Mundial de Conscientização sobre a Doença Falciforme, todo mês de junho é dedicado a reforçar a importância do Teste do Pezinho, recebendo a campanha nacional “Junho Lilás”.

Prudentópolis
23º
Tempo limpo
Ponta Grossa
21º
Tempo limpo
Guarapuava
22º
Tempo limpo
Curitiba
21º
Tempo limpo
Londrina
23º
Parcialmente nublado
União da Vitória
21º
Tempo limpo
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Vassilio Okaranski Neto aos 59 anos.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Jordão Rodrigues dos Santos aos 73 anos
  • MORRE LOCUTOR ESPORTIVO SILVIO LUIZ, AOS 89 ANOS
  • É Com Pesar que Comunicamos o Falecimento do Sr. Manoel Vieira Ramos aos 86 anos.
  • É Com Pesar que Comunicamos o Falecimento da Sra. Leoni Ribeiro aos 74 anos.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Jovem Davi Felema.
  • Anjo Inovador: inscrições para programa de incentivo a startups encerram na próxima segunda
  • Governador assina decreto de nomeação de 1.106 professores para rede estadual
  • 47 cidades aderiram ao incentivo do Estado para atendimento da população em situação de rua
  • Marcha para Jesus em Guarapuava reuniu milhares de fiéis na Praça Cleve neste sábado (18)
  • Buscas complexas e casos marcantes: bombeiros do Paraná relatam atuação no RS
  • Casinhas feitas em penitenciária do Paraná vão ajudar a abrigar animais resgatados no RS