Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

COVID-19 – Em Prudentópolis reunião define medidas de fiscalização e aplicação de penalidades.

19 de junho de 2020 às 16:11
Na reunião foi discutida a estruturação de um novo sistema para acompanhamento das fiscalizações e aplicação de penalidades através de uma central única, bem como a divulgação de um numero de telefone para denuncias relacionadas ao descumprimento das medidas de enfrentamento à pandemia.

O Prefeito Municipal juntamente com o Secretário de Saúde realizou em data de 18 de junho, reunião com o Comandante da Polícia Militar Tenente Walla, com membros do comitê técnico para enfrentamento da COVID-19, e com a fiscalização municipal tendo como objetivo a atualização das medidas de combate à propagação da pandemia, dado o atual quadro epidemiológico do município, pois houve no início da semana a confirmação da positivação dos primeiros casos em nosso Município.

Na reunião foi discutida a estruturação de um novo sistema para acompanhamento das fiscalizações e aplicação de penalidades através de uma central única, bem como a divulgação de um numero de telefone para denuncias relacionadas ao descumprimento das medidas de enfrentamento à pandemia.

Seguindo a postura adotada desde o início da pandemia, a condução do Município tem sido balizada em critérios técnicos e na orientação do comitê técnico formado por profissionais da área de saúde.

E atendendo tais orientações, a ultima medida editada foi o toque de recolher a partir das 20:00 horas às 06 horas do dia seguinte, medida esta que será amplamente fiscalizada assim como as demais já anteriormente editadas; e tem como objetivo a redução da circulação imotivada das pessoas após o horário comercial; o que proporciona a redução do contato social, e por outro lado a redução de outras espécies de acidentes e também contribui para a diminuição da ocupação de leitos hospitalares e de leitos de UTI, tão necessários neste momento de pandemia.

Para a equipe técnica, este é o momento de aumentar o rigor na fiscalização das medidas já adotadas, para que com em havendo colaboração da população não sejam necessárias medidas mais rigorosas, contudo, as quais não são descartadas neste momento caso a pandemia avance e ocorra um aumento no número de infectados oriundos de diferentes fontes, o que consistirá no chamado estágio de contágio comunitário.