Governo instala comitê que vai definir protocolos de retorno às aulas

27 de junho de 2020 às 09:40

O Governo do Estado instala nesta sexta-feira (26) o Comitê de Planejamento de Retorno às Aulas Pós-pandemia, que vai estabelecer um plano único de volta às aulas presenciais em todo Paraná. O comitê terá a participação de todos os setores representativos da educação no Estado, tanto da rede pública quanto particular, e das secretarias estaduais da Educação, Saúde, Casa Civil e Planejamento.

O anúncio foi feito pelo chefe da Casa Civil, Guto Silva, e pelo secretário de Estado da Educação e do Esporte, Renato Feder, durante reunião com representantes dos sindicatos das escolas particulares no Palácio Iguaçu.

“A data de retorno é uma decisão que está muito focada na área da saúde, que vai orientar quando as aulas presenciais poderão ser retomadas. Já o comitê vai nos ajudar a definir como isso será feito, os protocolos a serem adotados na alimentação e no transporte, por exemplo, que são momentos de maior aglomeração, e os melhores modelos para as aulas”, explicou Silva.

Em princípio, o Estado já estuda duas opções, com base em experiências de países que já passaram pela pandemia. Uma delas com turmas menores, para manter o distanciamento entre os estudantes, e a outra de um retorno híbrido, mesclando aulas presenciais e não presenciais.

“O comitê vai nos ajudar a preparar um plano comum de retorno das atividades nas escolas e também vai funcionar como um canal oficial e confiável de informações sobre essa volta”, disse Renato Feder.

ADEQUAÇÃO – Todo o processo de retomada vai exigir adequação das escolas. No caso das estaduais, além da adaptação ao novo formato, também será preciso atender um número maior de alunos do que o previsto para este ano, com impacto direto no custeio. Apenas durante o período da pandemia, 8.523 alunos migraram do ensino particular para o público.

“Se de fato esses alunos permanecerem no ensino público após a pandemia, vamos ter que fazer um novo redimensionamento de salas de aula, professores, funcionários e, claro, do orçamento da educação”, acrescentou o chefe da Casa Civil.

Guto Silva disse que a reunião desta sexta com representantes de sindicatos de escolas particulares reflete a preocupação do Estado também com a situação das escolas privadas, que geram milhares de empregos, assim como com as dificuldades financeiras enfrentadas por muitas famílias nesse período.

Entretanto, ele reforçou que a definição de data de retorno às aulas dependerá da curva de transmissão do vírus no Estado. “As próximas duas semanas serão bastante críticas, os números estão subindo e a recomendação é de muito cuidado. No momento adequado o Governo anunciará a data de volta às aulas.”

Prudentópolis
23º
Tempo limpo
Ponta Grossa
21º
Tempo limpo
Guarapuava
22º
Tempo limpo
Curitiba
21º
Tempo limpo
Londrina
23º
Parcialmente nublado
União da Vitória
21º
Tempo limpo
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Vassilio Okaranski Neto aos 59 anos.
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat comunica o falecimento do Sr Jordão Rodrigues dos Santos aos 73 anos
  • MORRE LOCUTOR ESPORTIVO SILVIO LUIZ, AOS 89 ANOS
  • É Com Pesar que Comunicamos o Falecimento do Sr. Manoel Vieira Ramos aos 86 anos.
  • É Com Pesar que Comunicamos o Falecimento da Sra. Leoni Ribeiro aos 74 anos.
  • É com pesar que a Funerária São João comunica o falecimento do Jovem Davi Felema.
  • Anjo Inovador: inscrições para programa de incentivo a startups encerram na próxima segunda
  • Governador assina decreto de nomeação de 1.106 professores para rede estadual
  • 47 cidades aderiram ao incentivo do Estado para atendimento da população em situação de rua
  • Marcha para Jesus em Guarapuava reuniu milhares de fiéis na Praça Cleve neste sábado (18)
  • Buscas complexas e casos marcantes: bombeiros do Paraná relatam atuação no RS
  • Casinhas feitas em penitenciária do Paraná vão ajudar a abrigar animais resgatados no RS