Nossa Gente

Seu novo portal de notícias em Prudentópolis e região

Sul do Brasil pode ter novo ciclone na próxima semana

4 de julho de 2020 às 12:16
Intensidade porém, não será a mesma.

A letra B mostra a posição esperada do ciclone. Foto: CMC

Depois de tudo que aconteceu na última terça-feira (30) é completamente normal que as pessoas fiquem extremamente preocupadas quando na previsão do tempo surgir novamente o termo ciclone. A memória recente do ocorrido deixa – especialmente em quem teve prejuízo – um verdadeiro pavor quando se lê que um outro ciclone poderá influenciar o tempo.

ATENÇÃO

Os simuladores do tempo mostram que sim. No decorrer da próxima terça-feira (7) um novo ciclone deverá se deslocar pelo Sul do Brasil. Porém, importante destacar que não deverá ser da mesma intensidade.

PARA ENTENDER

Um ciclone é mais intenso ou menos intenso pela queda da pressão do ar no seu centro. Para terem ideia, o ultimo ciclone chegou a ter 975 hPa (hectopascal, unidade de pressão). Algo muito baixo. Ele teve uma queda muito acentuada em poucas horas, 1hPa por hora, que classificou como um ciclone explosivo, bomba.

O próximo ciclone previsto não deverá ter essa diminuição tão rápida, ou seja, não um bomba. A pressão menor prevista, por enquanto, deverá ser em torno de 1006 a 1003 hPA, ou seja, menos intenso.

OUTRO FATOR MUITO IMPORTANTE

Para ter mais ou menos intensidade um temporal provocando pelo processo de formação de um ciclone, é necessário saber a posição que isso irá ocorrer. Com essa antecedência é difícil ter uma informação de qualidade em termos de posição desse ciclone. Isso faz todo diferencial entre uma região ter temporal ou não.

RESUMINDO

A previsão que temos hoje é que na próxima terça-feira teremos o deslocamento de um ciclone pelo Sul do Brasil menos intenso que o ciclone da última terça. Não tem previsão desse próximo ser um bomba.

Fonte: NSC