Polícia Militar vai leiloar veículos aptos para circulação

7 de julho de 2020 às 12:15

Foto: AENPR

Automóveis e motocicletas que não se adéquam mais à atividade da Polícia Militar serão leiloados em 14 de julho, por meio de uma transmissão ao vivo, por conta das medidas restritivas de aglomeração em função da pandemia. A iniciativa é para contribuir com a renovação da frota. Serão leiloados 115 lotes de veículos inservíveis para a Corporação, todos aptos para circulação.

Confira o edital.

Os veículos são oriundos das unidades da PM da Capital e da Região Metropolitana e os interessados podem visitá-los nos pátios de unidades da Polícia Militar entre 6 e 10 de julho. As pessoas podem verificar as condições de cadastro para participar do certame no site http://www.joaoluizleiloes.com.br.

O leilão foi montado graças à parceria da Secretaria de Estado da Segurança Pública, da Polícia Militar e do Detran/PR, para dar a melhor destinação de veículos utilizados no serviço operacional e administrativo e que atualmente estão inservíveis, já que não cumprem mais os requisitos de desempenho e segurança às equipes policiais. Toda a tratativa foi feita em consonância com a Lei de Responsabilidade Fiscal.

O objetivo do leilão é que a administração pública possa adquirir novos veículos para a frota estadual, agilizando o atendimento às ocorrências e melhorando o policiamento ostensivo preventivo com veículos mais modernos.

Os interessados em participar do leilão devem se cadastrar no site que promove o certame (http://www.joaoluizleiloes.com.br), informando os dados pessoais. Podem participar pessoas físicas e jurídicas, pessoas e empresas que não possuam algum tipo de ligação com a organização do leilão. Depois de inscritas poderão verificar os automóveis e motocicletas nos pátios dos respectivos batalhões e unidades da PM entre 6 e 10 de julho, das 9h às 11h e das 14h às 16h30.

“A medida libera espaço e evita que os veículos que não estão mais em uso acabem se tornando focos de doença, como a dengue. Além disso, com o leilão poderemos receber novas viaturas”, explicou o integrante do Setor de Compras e Licitações da Diretoria de Apoio Logístico da Corporação, capitão Luciano Rasera.

Os automóveis e motocicletas estão nos pátios do 12°, do 13°, do 20° e do 23° Batalhões da PM, do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), da Academia Policial Militar do Guatupê (APMG), do Regimento de Polícia Montada (RPMon), do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária (BPEC) e do 22° Batalhão. Os endereços dos pátios podem ser consultados no edital.

Conforme estabelece o edital, o pregão será transmitido ao vivo diretamente na página da empresa organizadora do leilão, a partir das 10 horas do dia 14 de julho (terça-feira). Os arrematantes terão que fazer o pagamento à vista, em dinheiro ou cheque, assumindo também os ônus administrativos e tributários que a aquisição requerer.

Fonte: AENPR

Prudentópolis
21º
Tempo limpo
Ponta Grossa
18º
Tempo limpo
Guarapuava
22º
Tempo limpo
Curitiba
18º
Parcialmente nublado
Londrina
22º
Tempo limpo
União da Vitória
21º
Tempo limpo
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Lademiro Barabasz aos 83 anos de idade.
  • É com pesar que e a Funerária Anjo Gabriel comunica o falecimento do Sr Antonio Valdivino Ribeiro dos Santos
  • É com pesar que e a Funerária São Josafat  comunica o falecimento da Sra Nadia Martinhuk  Gelinski aos 81 anos de idade.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Olga Prenechuki Rodovanaki
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Amélia Andre Suchodolak.
  • É com pesar que a Funerária São João e o Plano UNI PAZ, comunicam o falecimento da Sra. Nair Alves De Oliveira Parolin.
  • Rede estadual: plataformas de apoio à aprendizagem se destacam no 1º semestre
  • Portos do Paraná batem recorde de movimentação no primeiro semestre de 2024
  • Pesquisas da UEPG sobre cavernas integram livro finalista do Prêmio Jabuti Acadêmico
  • Paraná amplia destinos e cardápio de exportações: 2.081 produtos para 215 mercados
  • Paraná é a principal porta de entrada para maior parte do arroz importado pelo Brasil
  • Copel e Simepar desenvolvem sistema de IA para prever desligamentos por temporais